Doutor Jairo
Leia » Saúde mental

Terapia pode ajudar pessoas com depressão a conseguirem emprego

A Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) ajuda a alterar visões excessivamente negativas
A Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) ajuda a alterar visões excessivamente negativas - iStock

Redação Publicado em 24/02/2021, às 17h30

Um estudo realizado pela Universidade Estadual de Ohio, nos EUA, revela que a Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) pode ajudar pessoas com depressão a conseguirem um emprego. De acordo com os dados, 41% dos participantes desempregados ou subempregados que foram submetidos ao tratamento encontraram um novo trabalho ou passaram a trabalhar em período integral. 

Além disso, aqueles que estavam empregados, mas encontravam dificuldades em realizar suas tarefas ou se concentrar devido à depressão, relataram que a terapia ajudou a reduzir esses problemas de forma significativa. 

O principal objetivo do estudo era mostrar que a terapia é capaz de aliviar os sintomas depressivos. Porém, segundo os pesquisadores, os resultados também revelaram que a TCC pode ajudar a alcançar outras metas como encontrar um emprego ou aumentar a produtividade no trabalho. 

A depressão é uma doença que não deixa marcas aparentes, mas é uma das principais causas de incapacidade e pode interferir muito na vida diária de quem sofre com o transtorno. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima- se que, em todo mundo, exista mais de 300 milhões de pessoas das mais diversas idades que convivem com os sintomas.

Como funciona a terapia 

A Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) tem como função identificar comportamentos, pensamentos, hábitos e crenças negativas e, a partir desse ponto, ensinar técnicas que ajudam os pacientes a enfrentar e alterar essas percepções de forma positiva

No caso da depressão, a TCC trabalha sobre a ideia de que as pessoas apresentam visões excessivamente negativas sobre si mesmas e seu futuro. Um paciente desempregado e deprimido, por exemplo, ao não conseguir um emprego, pode passar a cultivar um pensamento como “ninguém nunca vai me contratar”. 

Duração do tratamento 

A pesquisa foi publicada na revista Cognitive Behavior Therapy e envolveu 126 pessoas. Os participantes foram submetidos a 16 semanas de TCC na Clínica de Pesquisa e Tratamento de Depressão do Estado de Ohio.  

Entre os participantes, 27 buscavam melhorar o seu status de emprego, ou seja, conseguir um trabalho ou mudar de meio período para integral. Ao final do tratamento, onze deles (41%) conseguiram atingir o objetivo. 

Para os pesquisadores, não é possível dizer exatamente quão boa é essa porcentagem, já que não se sabe quantos teriam conseguido emprego sem tratamento. Porém, as descobertas sugerem que a TCC teve impacto sobre os pacientes. 

Produtividade 

No início do tratamento, muitos participantes relataram que a depressão estava afetando diretamente a produtividade no trabalho. Nesses casos, segundo os pesquisadores, a TCC teve um impacto muito claro. Esses pacientes, após passarem pela terapia, foram muito mais bem sucedidos em se concentrar para realizar tarefas em seus respectivos empregos. 

Os resultados foram atingidos pela forma de abordagem da TCC. O tratamento busca reduzir a “tendência de pensar negativo” dos pacientes com depressão e analisar até que ponto eles veem eventos negativos de forma excessivamente pessimista. 

Para a equipe de estudiosos, a TCC ajuda na superação dessas visões, ensinando os pacientes que a experiência da depressão não é culpa deles. Além disso, auxilia na percepção de que eles podem adotar medidas para melhorar a concentração e trabalhar melhor, mesmo quando experimentam sintomas depressivos. 

Veja também: