Pular para o conteúdo

Kamilla Salgado e contraceptivo após o parto: amamentar é suficiente para evitar nova gravidez?

Da Redação

28/10/2020 13:12




Kamilla Salgado afirmou que não estava fazendo o uso de nenhum método contraceptivo após o parto, nesta quarta-feira (28).

A ex-BBB, que é casada com Eliéser Ambrósio, revelou que acreditava que não poderia engravidar, já que está amamentando.

kamilla salgado 120044642 1238108213236434 2830430473820850647 n 1 1024x683 - Kamilla Salgado e contraceptivo após o parto: amamentar é suficiente para evitar nova gravidez?
Crédito: Instagram/@kamilla_salgado

“Eu achava que para ter relação sexual, só amamentar já era um repelente, já dava uma repelida. Nada disso, gente. Tem que botar o DIU senão vem outro”, afirmou ela após uma consulta com o ginecologista.

Os dois estão juntos desde 2016 e são pais de Bento, de apenas um mês.

Amamentar é suficiente para evitar nova gravidez?

A mulher que está amamentando exclusivamente tem o aumento da prolactina, responsável pela produção de leite, que pode ocasionar um bloqueio na ovulação e, consequentemente, um risco menor de engravidar.

No entanto, não é 100% seguro, já que podem ocorrer oscilações hormonais. Se a mulher não estiver fazendo o aleitamento exclusivo, o nível de prolactina pode sofrer uma queda que acaba permitindo a ovulação. O mesmo pode acontecer após alguns meses do nascimento do filho.

Não dá para garantir que não há riscos de engravidar só porque se está amamentando. Por isso, é importante conversar com o ginecologista ou obstetra para que haja maior entendimento, e analisar quais métodos contraceptivos são ideais para o período. Caso a mulher não queira usar nenhum método hormonal, ela pode recorrer à camisinha.

Saiba mais

Lorena Carvalho, esposa de Lucas Lucco, comenta sobre sexo na gravidez; afinal, pode ou não?

Posso confiar no teste de gravidez de farmácia?

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS