Pular para o conteúdo

Limite para bebida alcoólica: saiba como identificar os sinais de exagero

Jairo Bouer

13/11/2020 15:30




Não existe um nível seguro de bebida alcoólica que sirva para todo mundo. É importante saber que há um limite individual, que deve ser conhecido e respeitado.

É sempre bom lembrar que o problema não é consumir bebida alcoólica. O perigo está em beber nas horas erradas e também no exagero. O consumo excessivo de álcool expõe a pessoa a uma série de riscos, inclusive o de dependência, por isso é tão importante focar na forma segura e consciente de se ingerir álcool.

happy friends drinking beer counter pub 1 1024x683 - Limite para bebida alcoólica: saiba como identificar os sinais de exagero
Crédito: Freepik

Como eu sei que passei do limite?

O mais importante é se conhecer. É perceber que estamos ficando diferente a medida do consumo.

Algumas situações podem mostrar que você exagerou: levantar para ir ao banheiro e ficar um pouco tonto, perceber que está falando mais do que deveria, ou coisas que não falaria em condições usuais, começar a rir sem motivo ou ficar mais quieto que o normal.

Uma mudança de comportamento pode ser um sinal de que você pode estar passando do limite. Nesse momento, é importante parar, ingerir alimentos e alguma bebida sem álcool, como água e sucos.

Existem ocasiões em que não posso beber, mesmo sabendo meu limite?

Sim. Existem situações que contraindicam o consumo de bebidas alcoólicas, mesmo que a pessoa conheça seu limite.

Alguns remédios não interagem com álcool, então o recomendado é conversar com o médico antes de misturar.

Outra situação é quando a mulher descobre que está grávida. Ela pode continuar saindo com os amigos, desde que não use álcool, pois a substância pode trazer impactos importantes para o desenvolvimento do feto.

Vale lembrar, também, que neste momento de pandemia, sair com os amigos é outra questão que deve ser muito bem pensada.

Se a pessoa vai dirigir, operar alguma máquina, está trabalhando, estudando ou envolvida em alguma atividade que exige atenção e concentração, ela também não pode consumir álcool, já que a bebida causa impacto importante nessas funções.

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Saiba mais

Marido bipolar que abusa de álcool e drogas; como agir?

Raissa Barbosa e a vontade de beber: entenda por que álcool é contraindicado no tratamento psiquiátrico

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS