Pular para o conteúdo

Ex-Chiquititas relata problemas com alcoolismo; qual o limite da bebida?

Jairo Bouer

23/09/2020 20:31




Pierre Bittencourt, conhecido por seu personagem Mosca na novela ‘Chiquititas’ em 1997, fez um relato sobre seu problema com o alcoolismo em suas redes sociais, nesta quarta-feira (23).

O ator, de 36 anos, começou o texto comemorando cinco anos sem álcool.

“Os benefícios que essa ‘vida careta’ me trouxe foram inúmeros. Mas, durante o processo, encontrei alguns desafios. Algumas pessoas não conseguem beber socialmente e têm dificuldade em controlar palavras, ações e atitudes quando estão sob efeito de álcool. Já ouvi dizer que o álcool extrai a essência da alma. Para mim, faz sentido. Portanto, apenas reflita, gostaria que pensasse na intenção que você coloca, em tudo na sua vida, a começar por uma postagem nas redes sociais”, declarou.

Em sequência, o artista aconselhou que bebida não deve ser uma forma de entretenimento: “É mesmo necessário mostrar a todos que através do álcool você é mais feliz? Nesse momento, gostaria apenas de refletir sobre como uma simples foto pode incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo. Sendo que, outras pessoas, podem não ter o mesmo discernimento que você tem ao consumir bebidas alcoólicas”.

Ele finalizou levantando um questionamento aos internautas sobre o alcoolismo: “Apenas convido a refletir sobre o incentivo/apologia ao consumo. Quer chapar, quer se drogar, se matar? Tudo bem! É uma escolha sua. Só não precisa convencer o amiguinho que essa é a solução para todos os problemas e que a felicidade mora numa garrafa de cerveja! O alcoolismo pode trazer danos irreparáveis. Seja consciente, não incentive!”.

Beber duas a três latas de cerveja por dia pode trazer problemas de alcoolismo?

O ideal é não beber todos os dias e, quando eventualmente beber, não exagerar. O que pode ser um problema? Quando se bebe mais de quatro doses de álcool numa mesma ocasião, é considerado um padrão conhecido como “binge drinking”, que pode trazer prejuízos à saúde e ao comportamento.

Duas a três latas é menos do que isso. Ainda que a quantidade seja menor, a frequência é maior que a recomendada. Quem começa a beber todos os dias pode criar um hábito e passar a depender da substância. Além disso, quem começa a beber todo dia tende a aumentar a dose, até alcançar esses níveis mais preocupantes.

Minha recomendação é tentar reservar a bebida para os fins de semana, para as ocasiões especiais, e deixar o dia a dia, durante a semana, sem bebida.

*Da Redação do Site do Dr. Jairo Bouer

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Saiba mais:

Beber muito só de vez em quando; tem problema?

Consumo moderado ou abusivo de álcool: entenda os conceitos

Problemas com álcool no isolamento? Internet ou telefone podem ajudar

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS