Pular para o conteúdo

Lore Improta e Léo Santana: será que relacionamento de idas e vindas é tóxico?

Da Redação

7/10/2020 16:03




Lore Improta e Léo Santana protagonizam um relacionamento marcado por idas e vindas e nesta quarta-feira (7), o casal deu detalhes sobre as separações e reencontros.

Em entrevista à Quem, a dançarina revelou que foram seis términos desde que começaram a namorar.

“Essa última foi a que a gente mais demorou (pra voltar). A gente terminou em abril do ano passado e só voltou na quarentena, mas sempre nos falávamos. Só quando eu bloqueava ele que não tinha como. Ele enchia o saco (risos)”.

leosantana 118475529 682254002647122 1495841020373965821 n 1 1024x683 - Lore Improta e Léo Santana: será que relacionamento de idas e vindas é tóxico?
Crédito: Instagram/@leosantana

O cantor ainda contou os bastidores das tentativas de interação: “Pior que ela bloqueava mesmo. Se dependesse do orgulho dela, a gente nunca se encontraria. Podia estar sofrendo, querendo voltar, que não dava o braço a torcer (risos). Se estou a fim, corro atrás mesmo”.

Com a repercussão das declarações, internautas se mostraram preocupados e afirmaram que relacionamento de idas e vindas podem ser tóxicos, será?

Será que relacionamento de idas e vindas é tóxico?

Muita gente considera que voltar com ex é sinal de fraqueza, e que pode até fazer mal para a própria pessoa, como sugerem os seguidores de Léo Santana que comentaram sobre a volta do casal. Mas, pelo menos segundo um estudo sobre reencontros após o término de um relacionamento, isso nem sempre é verdade.

Uma equipe da Universidade do Estado do Wayne, nos Estados Unidos, elaborou dois experimentos para avaliar o quanto ir para a cama com o ex pode afetar o bem-estar de uma pessoa. Um deles é uma análise das experiências diárias de 113 pessoas que tinham acabam de se separar. Outra análise envolveu 372 pessoas, abordando o mesmo assunto.

Os pesquisadores descobriram que a maioria dos participantes acabou na cama com o ex depois de um tempo, mas, após o encontro, a maioria das pessoas não se sentia mais deprimida por ter cedido à vontade. Na verdade, elas se sentiram melhor a cada dia. Para a equipe, as críticas que as pessoas fazem sobre casais que voltam a ter relações sexuais com o ex-parceiro não são justas.

Estudar o comportamento e as emoções das pessoas após o fim de um relacionamento parece algo banal, mas não é, já que rompimentos podem ter um forte impacto na saúde mental das pessoas.

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube.

Saiba mais

Claudia Raia lamenta idealização da mulher: “Como se tivesse uma data de validade”

Sarah Poncio se revolta com críticas nas redes sociais: “Insuportável”

Adote esses 5 hábitos para terminar o ano de um jeito mais leve

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS