Doutor Jairo
Leia » Saúde mental

Após saída do BBB, Pocah voltará à terapia. Saiba a hora de começar

Cantora comentou que sofreu muitas decepções
Cantora comentou que sofreu muitas decepções - Reprodução / Globo

Redação Publicado em 04/05/2021, às 13h55

Pocah chegou ao Top 5 do BBB21, mas foi eliminada no dia 29 de abril com 73,16% dos votos. Agora, do lado de fora do reality, a cantora afirma que voltará a fazer acompanhamento psicológico.

"Em três dias, não consigo saber de tudo o que aconteceu aqui fora e algumas coisas eu gostaria ter ficado sem saber. Hoje volto para o meu acompanhamento psicológico porque só com muita terapia para conseguir lidar com tanta decepção. Tenham um pouco mais de paciência porque não está fácil", escreveu Pocah no Twitter.

Confira:

Como saber a hora de começar a terapia?

Esta é uma pergunta complexa e que não tem uma resposta única. O cuidado com a saúde mental está cada vez mais em pauta, principalmente em um contexto de pandemia, em que não se pode ter contato com outras pessoas. 

A melhor resposta é que a psicoterapia é indicada para todos os tipos de pessoa e não apenas para aquelas diagnosticadas com algum transtorno psicológico. Para o terapeuta Jean Von Hohendorff, é preciso desmistificar que “terapia é coisa de louco”. 

A psicoterapia é para todas pessoas que querem funcionar melhor e procuram um bem-estar maior. Sempre digo que buscar ajuda na terapia é um ato de coragem porque, querendo ou não, vamos nos deparar com nós mesmos e tentar nos conhecer melhor”, pontua. 

Sinais de alerta 

Fazer psicoterapia faz parte do processo de cuidar da saúde mental e do bem-estar tanto para a pessoa que busca ajuda quanto para quem faz parte do seu convívio. 

Para ajudar, separamos alguns sentimentos e comportamentos que podem ser sinal de que é a hora de começar a fazer terapia:

  • Variações de humor frequentes e por qualquer motivo: muito tristeza, irritação ou ansiedade;
  • Sentir desmotivação;
  • Queda de rendimento, como ter menor produtividade no trabalho ou nos estudos;
  • Dificuldades nos relacionamentos;
  • Desinteresse por coisas que gostava de fazer;
  • Sintomas físicos sem explicação (após avaliação médica), como sudorese, batimento cardíaco acelerado e boca seca.

Veja também: