Doutor Jairo
Leia » BBB21

Juliette relaciona dificuldade de ereção com machismo; isso é real?

A conversa da madrugada teve debate sobre sexo
A conversa da madrugada teve debate sobre sexo - Reprodução / Globo

Redação Publicado em 20/04/2021, às 09h57

Na madrugada da terça-feira (20), os participantes do BBB21 receberam comidas e bebidas para se distrair e comemorar o aniversário de Roberto Carlos. E, durante esse momento, eles conversaram sobre sexo e a tão comentada brochada.

Juliette debateu o assunto e disse que, assim como os homens, as mulheres também podem brochar, mas obviamente de forma diferente, não ficando lubrificadas o suficiente ou não chegando ao orgasmo.

A advogada ainda acrescentou: "Para o homem, tem uma carga machista, no sentido de ele estar sempre pronto, sempre ereto. Isso é um machismo contra vocês, porque isso não existe. Vocês não têm que se culpar por isso. Isso é uma coisa natural. Se você tá com o psicológico abalado, se você tá triste..."

Juliette está certa?

Sim! A ideia de que o homem tem que estar preparado para o sexo a qualquer momento pode estar atrelada ao machismo e a uma necessidade de se mostrar mais “homem”. 

Contudo, segundo Jairo Bouer, todo mundo, em algum momento da vida, vai brochar e isso é algo completamente normal. “Se for uma questão eventual, a melhor coisa a se fazer é não dar muito peso para a situação e entender que isso pode acontecer. Quanto mais focar nisso, mais ansiedade é criada para a próxima vez e, como consequência, maiores são os riscos de ocorrer novamente”, diz ele. 

Contudo, se isso ocorrer com mais frequência, é preciso ter um pouco mais de atenção para entender o que está acontecendo. Com homens mais velhos, por exemplo, pode ser que haja alguma questão de saúde, como hipertensão, tabagismo, problemas circulatórios e obesidade. Assim, tudo isso pode gerar um processo inflamatório no corpo, impactando as terminações nervosas e prejudicando o processo de ereção. Nessas situações, é necessário procurar um médico para fazer uma avaliação mais crítica sobre o que está acontecendo. Porém, é importante também lembrar que, com a idade, mais estímulos são necessários. 

Mas, se o homem é jovem e saudável e tem problemas com ereção, provavelmente isso está ocorrendo por questões emocionais. “Ele talvez esteja ansioso e tenso, desenvolvendo a chamada “ansiedade de performance”, que cria um ciclo vicioso: quanto mais ansioso, mais difícil é ter uma ereção”, ressalta Jairo.

Para resolver, é preciso avaliar a situação, conversar com a parceira ou até procurar um médico

Veja mais: