Doutor Jairo
Leia » Sexo seguro

BBB21: Caio reclama de abstinência sexual; veja como isso impacta a saúde

Assim como Caio, muita gente também está enfrentando a falta de sexo
Assim como Caio, muita gente também está enfrentando a falta de sexo - Reprodução / Globo

Redação Publicado em 14/04/2021, às 10h07

Confinados há mais de dois meses no BBB21, muitos participantes do reality já reclamaram da falta de sexo. E, na última terça-feira (13), foi a vez de Caio falar sobre o assunto. 

Em conversa com Gil e João Luiz, o brother comentou que desde os 13 anos não fica tanto tempo sem sexo: “É até perigoso engravidar a Waléria [mulher dele] quando eu sair daqui... o que está de concentração aqui não está escrito. Depois dos meus 12, 13 anos, eu nunca mais fiquei sem”.

Ele ainda brincou dizendo que, caso seja eliminado, espera que a esposa vá encontrá-lo no Rio de Janeiro. "Não vou dar conta de ficar sozinho naquele quarto de hotel".

Falta de sexo tem impacto na saúde?

Assim como Caio, muitos brasileiros também estão sofrendo com a abstinência sexual já que, com a nova onda do coronavírus e uma quarentena mais restrita, as pessoas pararam de sair para evitar o contágio.

Contudo, embora haja muita reclamação sobre a falta de sexo, ela não traz nenhuma alteração negativa na saúde. Até há pesquisas que mostram que atividade sexual tem um impacto positivo, tanto na saúde emocional – como a melhora do humor –, quanto na saúde física, mas deve-se destacar que isso só vale para quem realmente aproveita o momento.

Se, ao contrário, a pessoa até faz sexo com regularidade, mas não sente prazer e chega a ficar até angustiada ou insegura com a situação, pode ter o efeito reverso e a saúde emocional e física podem ficar comprometidas.

Então é possível manter uma vida normal sem sexo?

Em teoria, sim!

Principalmente nesse momento de pandemia, em que muita gente não tem um parceiro ou parceira fixa, é preciso ter cuidado, pois apesar dos benefícios da relação sexual, ainda há muitos riscos.

Então, o momento é de se cuidar e esperar mais um pouco. Se a vontade for muita, vale lembrar que a masturbação pode ser independente de outras pessoas e ainda te ajuda a se conhecer melhor.

Veja também: