Doutor Jairo
Assista

Dá para pegar HIV ao receber sexo oral depois de outro homem?

None

Jairo Bouer Publicado em 04/12/2020, às 18h30

Risco de HIV no sexo oral é um tema que costuma gerar muitas dúvidas. Veja a pergunta que eu respondi no UOL VivaBem, esta semana:

“Meu amigo recebeu sexo oral de uma garota de programa e ejaculou na boca dela. Depois fui eu. Se meu amigo for positivo para o HIV, tem como eu pegar o vírus nesse caso?”   

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Sexo oral é sexo!

As formas mais comuns de transmisão do HIV são o sexo com penetração desprotegido, compartilhamento de seringas, e da mãe para o filho, durante a gestação, no parto ou na amamentação.

Sexo oral transmite HIV? Há pouquíssimos relatos na literatura, porém existe um risco teórico. O sexo oral sem proteção também pode aumentar o risco de outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

Numa situação como a que o leitor conta, em que há uma relação sexual depois da outra, cria-se uma possibilidade de transmissão de micro-organismos maior do que numa relação só a dois.

O que a gente recomenda é o uso de proteção, já que sexo oral também é sexo.

Saiba mais:

“Já apanhei por ter HIV”: como o estigma afeta quem vive com o vírus

Ex-‘The Voice’, Leandro Buenno conscientiza seguidores sobre HIV: “Não define quem sou”