Doutor Jairo
Leia

USP recruta voluntários para testes da vacina contra HIV

None

Da Redação Publicado em 03/12/2020, às 21h19 - Atualizado em 04/12/2020, às 12h23

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) informou, nesta quinta-feira (3), que está em busca de voluntários brasileiros para testar a vacina contra o HIV.

A pesquisa, que foi iniciada há cinco anos, conta com a participação de instituições de diversos países e pessoas já vacinadas conseguiram produzir satisfatoriamente anticorpos e imunidade contra a infecção.

Crédito: iStock

No Brasil, homens gays ou bissexuais cisgêneros e homens ou mulheres transexuais entre 18 e 60 anos podem se candidatar. É necessário entrar em contato com o Programa de Educação Comunitária da USP pelo Instagram ou pelo e-mail agendamento.estudos@gmail.com.

Como funciona a vacina contra HIV?

Segundo informações da Agência Brasil, a vacina em questão usa a tecnologia de vetor, em que informações genéticas de proteínas do HIV são injetadas em outro vírus, inofensivo aos seres humanos.

Na vacinação, o vírus é inserido no organismo e se multiplica, possibilitando que o corpo absorva as proteínas previamente injetadas. Desse modo, o indivíduo poderia produzir, em teoria, uma resposta imune ao HIV.

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube