Doutor Jairo
Ouça » Tira Dúvidas

“É importante se vacinar contra a Covid-19, mesmo sem tanta eficácia?”

A grande meta com a vacinação é atingir uma imunidade coletiva
A grande meta com a vacinação é atingir uma imunidade coletiva - Freepik

Redação Publicado em 19/02/2021, às 09h00

É importante mesmo se vacinar contra a Covid-19, com essas vacinas que não têm aquela eficácia toda?

As vacinas que estão aprovadas no Brasil, seja a CoronaVac ou a da Oxford Astrazeneca, são vacinas que têm uma eficácia superior a 50%, o que nos mostra que elas reduzem as chances de você se infectar pela metade.

Além disso, os estudos indicam que elas protegem contra as formas mais graves da doença, o que é muito importante. Percebemos que em muitos hospitais, em diversas cidades do Brasil, há um colapso da rede de saúde, que não consegue suportar a demanda de infectados que chegam ao local.

Sendo assim, as vacinas evitariam que metade das pessoas ficassem doentes e, aquelas que eventualmente fossem contaminadas, teriam uma chance muito menor de ter quadros graves e precisar de hospitalização. Isso, por si só, já é um benefício incrível e um bom motivo para se vacinar.

Outro fator importante é que, ao se vacinar, você protege a própria saúde e também a sua comunidade. Quanto menos pessoas estiverem suscetíveis ao vírus, menores as chances de ele ser transmitido de uma pessoa para outra e, assim, o andamento da pandemia é desacelerado até um ponto em que praticamente não há mais risco.

Ou seja, essa é a grande meta com a vacinação: atingir uma imunidade coletiva. Para isso, cada um de nós precisa fazer a sua parte! Então não tenha medo e se vacine.