Doutor Jairo
Leia

Maior desejo para 2021? Vacina contra Covid-19, mostra pesquisa

None

Da Redação Publicado em 08/12/2020, às 22h26

Uma pesquisa com 1.600 brasileiros com mais de 18 anos das principais capitais do país mostra que o maior desejo para 2021 é uma vacina contra a Covid-19 que faça a nossa rotina voltar ao normal. A resposta foi citada por 49,1% dos entrevistados, sendo que, ao se considerar apenas jovens de 18 a 25 anos, a proporção é ainda maior, de 55,6%.

A pesquisa inédita foi realizada em outubro pela Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado e consumo, em parceria com a Score Group. Os resultados mostram que 28% das pessoas já têm retomado a rotina aos poucos, tomando cuidados.

Do total, 49,1% desejam uma vacina para voltar à rotina (Crédito: iStock)

Ficar rico e emagrecer

O desejo pela vacina foi mais forte até que o de ficar rico, citado por 45,7% dos entrevistados. “Os mais jovens também são os que mais querem isso, 65,7% dos 18 aos 25 anos apontam ganhar dinheiro como sua principal expectativa, seguidos pelos brasileiros entre 26 e 35 anos, com 56,3%” explica Ligia Mello, sócia da Hibou.

Emagrecer, como não podeira deixar de ser, também está entre as principais metas para 2021: 42,1% querem perder peso. Esse número é ainda maior na faixa dos 36 e 45 anos, com 49,8%.

A reaproximação com a família aparece logo em seguida na lista de desejos para o ano vindouro, com 38,4% de menções. Esse desejo é mais intenso entre pessoas de 26 a 35 anos e de 56 anos ou mais: 41,9% e 39% respectivamente.

A consciência sobre a saúde mental e física, bem como sobre solidariedade, também aumentou e fazem parte da lista de prioridades para 2021, segundo Ligia. Entre os entrevistados, 72,4% querem exercitar o corpo e a mente; 38,1% desejam se engajar em atividades sociais e 33,2% vão consumir mais produtos orgânicos.E 46,9% pretendem cuidar mais da pele, do visual e do cabelo no ano que vem.

Vida profissional e finanças

Em relação à carreira e vida profissional, 37,5% dizem querer estudar mais online, e os que mais querem isso são os jovens de 18 a 25 anos. Mais de 24% dos entrevistados querem trabalhar mais em casa do que antes da pandemia, e quem mais tem essa vontade são as pessoas entre 26 e 55 anos.

Não está fácil sonhar com viagens, mas muitos brasileiros esperam passear no próprio estado ou pelo Brasil em 2021: a citação foi feita por 52,4% dos participantes da pesquisa. E 38% querem pegar o carro mais vezes para isso.

Apesar de todas as dificuldades financeiras e de tantos desejos, 38,3% dos entrevistados se veem gastando menos em 2021. Uma minoria de 16,5% acredita que vai gastar mais, e 30,7% acha que vai gastar o mesmo que em 2020.

Os entrevistados também foram convidados a falar uma palavra que resumia a expectativa para 2021. “Esperança” aparece em primeiro lugar, seguida de “Vacina” e “Liberdade”.

Leia mais:

Covid-19: Canadá já garantiu 10 doses de vacina por habitante de graça

Desejo de contato social após isolamento é igual ao de comida após dia de jejum