Doutor Jairo
Leia

Covid-19: Canadá já garantiu 10 doses de vacina por habitante de graça

None

Da Redação Publicado em 01/12/2020, às 01h09 - Atualizado às 10h34

Chrystia Freeland, ministra de finanças do Canadá, afirmou nesta segunda-feira (30) que os acordos feitos pelo país garantem o equivalente a 10 doses de vacina contra a Covid-19 para cada canadense, de graça.

“O Canadá garantiu o portófio de vacinas mais amplo e diversificado que o de qualquer outro país do mundo”, disse a ministra, a primeira mulher a ocupar esse cargo no país. Ela também anunciou um pacote de alívio econômico de 100 bilhões de dólares canadenses, o maior desde a Segunda Guerra Mundial.

Crédito: Reprodução/cpac

Segundo ela, o país investiu mais de 1 bilhão de dólares canadenses em acordos para adquirir sete vacinas diferentes, sendo que quatro dessas farmacêuticas (Moderna, Pfizer, Astra Zeneca e Johnson & Johnson) já submeteram seus produtos à agência reguladora de medicamentos, a Health Canada.

A informação foi anunciada após o conservador Pierre Poilievre afirmar que, apesar de o país estar com o maior deficit fiscal entre os países do G20, ficaria para trás na vacinação contra a Covid-19.

Também nesta segunda-feira, um representante da Moderna, baseada nos EUA, confirmou que o Canadá receberá um grande carregamento da vacina no primeiro semestre de 2021. Ele deixou claro que o país estava no começo da fila, e não no fim, como outros políticos conservadores chegaram a dizer nos últimos dias.

A farmacêutica anunciou que, baseada em 196 casos de Covid-19 num total de 30 mil participantes de sua pesquisa de fase 3, sua vacina demonstrou 94,1% de eficácia. Com o dado, a Moderna entrou com pedido de autorização emergencial no FDA (Food and Drug Administration), a agência reguladora de medicamentos nos EUA.

Segundo o jornal The Globe and Mail, o Canadá fez um acordo para a compra de 56 milhões de doses da vacina da Moderna, e também de 20 milhões de doses da vacina da Pfizer. A população canadense, segundo a estimativa para 2020, é de 38 milhões de habitantes.

O Canadá tem enfrentado o segundo pico de infecções pelo novo coronavírus, com 12 mil mortes até agora, e teme as consequências da pandemia para a economia. Uma pesquisa recente, encomendada pela emissora CTV News, indicou que apenas 16% da população está confiante num plano que permita o rápido acesso dos canadenses à vacinação.

Leia mais:

Covid-19: peguei de novo? Pode ser!

Japão registra mais mortes por suicídio em um mês do que covid-19 em um ano; como prevenir?