Pular para o conteúdo

É possível infartar durante o sexo?

Da Redação

6/11/2020 15:35




A característica pressão no peito que indica um infarto pode vir acompanhada de outros sintomas, como suor frio, dor nos braços, tontura dor na boca do estômago e até na mandíbula. O problema pode acontecer de repente e sem aviso, porém geralmente está associado a fortes emoções ou a prática de atividades físicas extenuantes. E aí logo aparece a dúvida: será que é possível infartar durante o sexo? Veja abaixo essa e outras respostas sobre o tema:

infartar no sexo 1024x683 - É possível infartar durante o sexo?
Crédito: Freepik

 

É possível infartar durante o sexo?

Sim, assim como é possível infartar em qualquer outro tipo de situação.

 

Quem é saudável precisa se preocupar com esse risco?

Em geral, não.

 

A atividade sexual oferece algum benefício para o coração?

Em geral, o sexo é considerado uma atividade física de baixa a média intensidade. Então, do ponto de vista de atividade física, como um exercício aeróbico regular, ela não traria grandes vantagens para o coração. Entretanto, sabemos que sexo faz bem, produz uma sensação de bem-estar e libera uma série de substâncias que fazem bem para o nosso emocional, o que,  indiretamente, beneficia a saúde do coração.

 

Quais precauções que devem ser tomadas durante o sexo para quem já tem problemas cardiovasculares?

O ideal é conversar com o seu cardiologista, para saber se você está liberado para a atividade sexual e em qual intensidade. Mas vale lembrar que esta é uma atividade de baixa a média intensidade, com exceção daqueles casais que fazem maratonas sexuais, claro. Os médicos costumam dizer que, se você está liberado para subir um lance de escadas, você também está liberado para fazer sexo. 

Em geral, não há nenhuma grande restrição, mesmo para quem tem problemas cardiovasculares prévios, a não ser que haja alguma descompensação ou que esteja em uma fase muito complicada. Mas atenção: muitas vezes, pessoas que têm problemas cardíacos fazem uso de medicações, e nesse caso é preciso tomar mais cuidado.

 

O uso de facilitadores de ereção sem indicação médica pode aumentar o risco de um ataque cardíaco?

Usar esses facilitadores de ereção sem indicação médica pode, sim, aumentar o risco se você tem algum problema cardiológico ou, principalmente, se faz o uso de alguma medicação para controle de pressão ou de frequência do funcionamento cardíaco. É muito importante conversar com o seu médico para que ele te alerte sobre as interações, já que alguns cuidados e controles – que só o seu médico poderá explicar – são necessários.

 

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

 

Saiba mais:

Disfunção erétil pode ser sinal precoce de doença cardiovascular

Reprimir emoções não faz bem para o humor e ainda pode agravar doenças

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS