Pular para o conteúdo

Solange Almeida revela que faz sexo ‘toda hora’ com namorado; isso é normal?

Jairo Bouer

3/11/2020 21:05




Solange Almeida surpreendeu seus seguidores ao dar detalhes sobre sua vida sexual com o namorado, Monilton Moura, na última segunda-feira (2).

A cantora abriu uma caixa de perguntas em seu perfil no Instagram e um deles quis saber sobre a ‘hora H’ do casal.

“Fazemos no claro, no escuro, de manhã, de tarde, de noite, fazemos toda hora, de todo jeito, em todo canto”, disse a artista, rindo.

moniltonmoura 112888462 212183216790013 2282941392847320016 n 1 1024x683 - Solange Almeida revela que faz sexo 'toda hora' com namorado; isso é normal?
Crédito: Instagram/@moniltonmoura

Quando o assunto foi casamento, ela afirmou não pensar nisso no momento: “Tudo está nas mãos de Deus e no tempo vai acontecer”, comentou.

Solange ainda revelou que tinha receio da diferença de idade, já que Monilton é 16 anos mais novo.

“Eu tinha preconceito com a idade dele, eu tinha vergonha. Ficamos impressionados com quantas pessoas se identificaram com a gente nessa questão da idade. Era mais meu do que de qualquer pessoa. Embora, eu tenha sofrido, sim, um pouco de preconceito dos outros por ser mais velha que ele. Mas eu fui a maior preconceituosa com nós dois”, desabafou.

É normal fazer sexo toda hora?

O depoimento de Solange espantou diversos internautas. No entanto, a frequência da atividade sexual relatada pela cantora é normal, sim. Principalmente se for no início do relacionamento. O fato de seu parceiro ser 16 anos mais novo não tem relação, já que o mesmo pode acontecer em diferentes idades.

Outro ponto curioso é que a diferença de idade gerava desconforto na artista, mas a realidade é bem diferente. Existem casais com diferenças de idade e, quanto mais nos colocamos fora da caixinha de padrões, mais os relacionamentos tendem a ficar mais fáceis para todo mundo.

O que pesa na frequência?

Vários fatores podem contribuir para uma frequência sexual elevada. Um estudo feito na Universidade do Estado da Flórida, por exemplo, revelou que o humor e a personalidade da mulher pesam mais que os do homem quando o assunto é a frequência sexual de um casal, ainda que o homem tome mais a iniciativa. O levantamento, que contou com 278 heterossexuais recém-casados, mostrou que quanto mais feliz, descontraída e curiosa é a mulher, maiores as chances de a dupla ter uma vida sexual movimentada.

Mas questões como saúde, fase da vida e prioridades também podem contar bastante no desejo sexual de um casal.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS