Doutor Jairo
Leia » Dúvida

Cirurgia de fimose: quais são os benefícios?

Especialista explica benefícios
Especialista explica benefícios - iStock

Redação Publicado em 31/05/2021, às 09h57

Primeiramente, é importante destacar que há uma diferença entre a fimose e o prepúcio, que é a pele que recobre a glande. Quando não há estreitamento, o orifício do prepúcio permite que a glande entre e saia sem problemas, sendo esse o cenário normal do pênis.

Quando há uma espécie de um anel fibroso, que gera um estreitamento muito grande do prepúcio, a glande acaba não sendo exteriorizada e essa situação ganha o nome de fimose. No geral, ela é caracterizada como o excesso de pele que recobre o pênis, dificultando a exposição da glande. Essa é uma condição comum em grande parte dos meninos e que tende a desaparecer por volta dos três ou quatro anos de idade. Quando isso não acontece, e os medicamentos e os exercícios não funcionam, o médico entra em ação. 

Quais são os benefícios da cirurgia de fimose?

Apesar de, inicialmente, gerar preocupação nos pais, a cirurgia é simples e muito benéfica. Na vida adulta, pode aumentar o desempenho sexual, uma vez que, sem a pele, a movimentação durante as relações sexuais é mais fácil e agradável, como explica Danilo Galante,  Membro Titular da Sociedade Brasileira  de Urologia. Além disso, a intervenção aumenta a sensibilidade da ponta do pênis, dando muito mais prazer.

Confira:

“Sem contar que a cirurgia também reduz as chances de se contrair infecções sexualmente transmissíveis (IST), uma vez que a pele é feita de uma mucosa na qual essas doenças podem se instalar” complementa Galante. 

Outro benefício é uma melhor higienização do pênis, visto que, sem a pele, a limpeza é mais simples e rápida.

Veja também: