Pular para o conteúdo

Belle Silva confessa exaustão durante isolamento social; veja dicas para manter o foco

Jairo Bouer

23/09/2020 21:24




Belle Silva, mulher do jogador Thiago Silva, abriu o coração em suas redes sociais sobre suas dificuldades durante isolamento social, nesta quarta-feira (23).

A influenciadora digital relatou que sua mudança de Paris, na França, para Londres, no Reino Unido, devido ao final do contrato do craque com o time Paris Saint Germain, tem a deixado ansiosa.

“Estava olhando meus Stories e não está interessante. Peço mil desculpas. Logo eu, que sou de ficar mostrando um monte de coisas maneiras. Mas estou tão estressada emocionalmente, tão esgotada, que não tenho ânimo nem para gravar”, relatou.

Ela afirmou que a pandemia alterou seus planos e isso a desestabilizou: “Estou sentindo falta da minha rotina. Isso está me estressando. Estou emocionalmente esgotada. Fisicamente não, porque não estou fazendo nada. Mas com a pandemia me atrasou a saída para ver casas, a escola dos meus filhos, atrasou tudo. Estou sem ânimo para nada e só focada nisso”.

Belle ainda revelou ser uma pessoa ansiosa e que seu remédio havia acabado, o que teria intensificado os sentimentos.

“Eu sou uma pessoa ansiosa, vivo à base de ansiolítico. O meu ansiolítico acabou e ainda preciso ligar para o meu médico. Minha ansiedade está a mil, estou comendo igual a uma porca. Estou com a minha cara redonda de novo, já engordei”, finalizou.

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Dicas para tentar manter o foco durante o isolamento social

Ficar em casa impõe uma série de desafios para todo mundo, mas um deles tem se destacado para quem não está acostumado a trabalhar ou estudar em casa: o gerenciamento do tempo. Diante da tecnologia, perde-se a noção do tempo e o controle das distrações. E isso fica mais difícil ainda sem um chefe ou professor por perto para evitar que você saia do foco. Algumas dicas podem aumentar seu domínio sobre as tentações digitais:

Faça pausas: não é à toa que as aulas não têm mais de 50 minutos. Há especialistas em educação que defendem até um intervalo maior entre uma aula e outra, para melhorar o aprendizado das crianças. E isso vale para os adultos, também. Depois de uma reunião de duas horas, é preciso levantar e tomar uma água antes de mergulhar em outra tarefa que exige concentração.

Movimente-se: diversos estudos comprovam que crianças e adolescentes precisam de pelo menos uma hora de atividade física vigorosa por dia. O sedentarismo não apenas evita a obesidade e outras doenças crônicas, como também melhora o desempenho acadêmico. Mesmo pequenos períodos de movimento espalhados ao longo dos estudos ou do trabalho fazem diferença no foco. Não poder sair de casa não é desculpa.

Cochile, se possível: quem está trabalhando remotamente não pode se dar esse luxo, mas se seu filho estiver cansado depois de fazer as atividades da escola, deixe que ele tire um cochilo. O sono é essencial para a consolidação da memória, e por isso facilita a assimilação do que foi aprendido. Se não der para dormir um pouco no meio do dia, priorize o sono da noite com um ambiente livre de estímulos antes da hora de se deitar. Isso envolve deixar a maratona de seriados ou filmes para o fim de semana.

Use o despertador: em casa, a tendência das pessoas é flexibilizar a agenda. Nesse contexto, fica difícil não ceder à tentação de ler as notícias o tempo todo, ou se envolver em uma conversa que poderia ser deixada para mais tarde. Usar o cronômetro ou programar alarmes pode evitar que você se perca nas distrações. Além disso, pode te dar uma ideia mais clara de quanto tempo você tem gasto por dia na internet.

Saiba mais:

Sexting durante o isolamento: cuidado nunca é demais

Problemas com álcool no isolamento? Internet ou telefone podem ajudar

Sono é pior para quem faz Home Office na pandemia, sugere estudo

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS