Doutor Jairo
Leia » Longevidade

Confira 18 dicas para ter uma vida mais longa

Perdoar e deixar de lado os rancores traz benefícios surpreendentes para a saúde física - iStock
Perdoar e deixar de lado os rancores traz benefícios surpreendentes para a saúde física - iStock

Redação Publicado em 25/11/2021, às 10h00

Por enquanto, ninguém ainda sabe o segredo para se viver muitos e muitos anos. Porém, a lista sobre o que você deve evitar para atingir esse objetivo é grande e, em alguns casos, traz algumas obviedades. Porém, sempre vale a pena lembrá-las. Confira abaixo algumas dicas de especialistas para viver por vários anos:

1-Proteja seu DNA

Conforme você envelhece, as extremidades dos seus cromossomos ficam mais curtas. Isso aumenta a probabilidade de você ficar doente. Mas as mudanças no estilo de vida podem impulsionar uma enzima – telomerase - que os mantém mais longos. Além disso, estudos mostram que dieta e exercícios podem ajudar a protegê-los. Conclusão: hábitos saudáveis podem retardar o envelhecimento no nível celular.

2-Jogue para vencer

Um estudo descobriu que pessoas que são conscienciosas - ou seja, prestam atenção aos detalhes, refletem sobre as coisas e tentam fazer o que é certo - vivem mais. Elas fazem mais pela saúde e pelas escolhas que as levam a relacionamentos mais fortes e melhores carreiras.

3-Faça amigos...

Aqui está outro motivo para ser grato por seus amigos: eles podem ajudá-lo a viver mais. Dezenas de estudos mostram uma ligação clara entre fortes laços sociais e uma vida mais longa. Portanto, reserve um tempo para manter contato.

4-...mas os escolha com sabedoria

Os hábitos dos seus amigos passam para você, então procure aqueles com estilo de vida saudável quando você precisa se inspirar. Alguns estudos sugerem que até suas chances de se tornar obeso aumentam quando seus amigos têm quilos a mais. A tendência a fumar também tende a se espalhar pelos laços sociais, mas parar de fumar também é "contagioso", de acordo com os pesquisadores.

5-Parar de fumar

Todos sabemos que largar o cigarro pode prolongar sua vida, mas saber em quanto tempo pode surpreendê-lo. Um estudo britânico que acompanhou dados de pessoas ao longo de 50 anos mostra que parar aos 30 pode dar a você uma década inteira. Abandonar o hábito aos 40, 50 ou 60 anos pode adicionar 9, 6 ou 3 anos à sua vida, respectivamente. 

6-Abrace a arte da soneca

A siesta é um costume em muitas partes do mundo, e há evidências científicas de que dormir pode ajudar você a viver mais. Um estudo mostrou que aqueles que cochilavam regularmente tinham 37% menos probabilidade de morrer de doenças cardíacas do que aqueles que raramente faziam isso. Os pesquisadores acreditam que as sonecas podem ajudar o coração, mantendo os hormônios do estresse baixos.

7-Siga a dieta mediterrânea

Rica em frutas, vegetais, grãos inteiros, azeite e peixe, ela também pode reduzir seriamente suas chances de desenvolver a síndrome metabólica - uma mistura de obesidade, níveis elevados de açúcar no sangue, pressão alta e outros fatores que aumentam o risco de doenças cardíacas e diabetes.

8-Coma como um okinawano

O povo da ilha de Okinawa, no Japão, vive mais do que qualquer outro grupo na Terra. A dieta tradicional da região é o motivo. É rica em vegetais verdes e amarelos e baixo teor de calorias. Além disso, alguns okinawanos adquiriram o hábito de comer apenas 80% da comida em seu prato. As gerações mais novas abandonaram os velhos hábitos e não estão vivendo tanto.

9-“Se amarre”

Pessoas casadas tendem a viver mais que os amigos solteiros. Os pesquisadores dizem que isso é devido ao suporte social e econômico que a vida conjugal fornece. Mesmo pessoas divorciadas ou viúvas têm taxas de mortalidade mais baixas do que aquelas que nunca se casaram.

10-Perca peso

Se você está acima do peso, emagrecer pode proteger contra diabetes, doenças cardíacas e outras condições que podem prejudicar sua vida por muitos anos. A gordura da barriga é ruim para você, então concentre-se em esvaziar os "pneuzinhos" sobressalentes. Coma mais fibras e faça exercícios regularmente para diminuir essa gordura que se concentra entre os órgãos. 

[Colocar ALT]
Os casados tendem a viver mais que os solteiros, segundo pesquisas - iStock

11-Continue andando

A evidência é clara: pessoas que se exercitam vivem mais, em média, do que as sedentárias. A atividade física regular reduz as chances de desenvolver doenças cardíacas, derrame, diabetes, algumas formas de câncer e depressão. Pode até ajudar a manter sua mente afiada até a velhice. Sessões de dez minutos cada também valem, desde que totalizem cerca de duas horas e meia de exercícios moderados por semana.

12-Beba com moderação

Alguns estudos sugerem que doenças cardíacas são menos comuns em pessoas que bebem moderadamente do que naquelas que não bebem nada. Por outro lado, o álcool engorda, aumenta a pressão arterial e pode causar uma série de outros problemas de saúde. Assim, se você bebe, o limite deve ser um drinque por dia para mulheres e um ou dois para homens. Mas se você não bebe, não comece. Existem maneiras melhores de proteger seu coração.

13-Cultive a espiritualidade

Pessoas que frequentam serviços religiosos tendem a viver mais do que aqueles que não têm esse hábito. Em um estudo com pessoas com mais de 65 anos, aqueles que iam mais de uma vez por semana tinham níveis mais altos de uma proteína-chave do sistema imunológico do que seus colegas que não iam. Estima-se que a forte conexão social que se desenvolve entre as pessoas que rezam juntas pode melhorar sua saúde.

14-Perdoe

Deixar de lado os rancores traz benefícios surpreendentes para a saúde física. A raiva crônica está ligada a doenças cardíacas, derrame, saúde pulmonar precária e outros problemas. O perdão reduz a ansiedade, a pressão arterial e problemas respiratórios, de acordo com evidências científicas. As recompensas tendem a aumentar à medida que você envelhece.

15-Use equipamentos de segurança

Acidentes são a terceira causa mais comum de morte nos Estados Unidos, por exemplo, e a principal para pessoas de 1 a 24 anos. Usar equipamento de segurança é uma maneira fácil de aumentar suas chances de uma vida longa. Os cintos de segurança reduzem em 50% as chances de morte em um acidente de carro. A maioria das fatalidades em acidentes de bicicleta e motocicleta são causadas por ferimentos na cabeça, portanto, use sempre um capacete.

16-Faça do sono prioridade

Ter um sono de qualidade pode reduzir o risco de obesidade, diabetes, doenças cardíacas e distúrbios de humor. Também o ajudará a recuperar de uma doença mais rapidamente. Varar a noite, por outro lado, é ruim para você. Dormir menos de 5 horas por noite pode aumentar suas chances de morrer cedo, então faça do sono uma prioridade.

17-Gerencie o estresse

Você nunca vai evitar completamente o estresse, mas pode aprender maneiras de mantê-lo sob controle. Experimente ioga, meditação ou respiração profunda. Mesmo alguns minutos por dia podem fazer a diferença.

18-Mantenha um senso de propósito

Hobbies e atividades que trazem significado à vida podem trazer longevidade. Pesquisadores japoneses descobriram que homens com um forte senso de propósito tinham menos probabilidade de morrer de derrame, doenças cardíacas ou outras causas em um período de 13 anos do que aqueles que estavam menos seguros de si mesmos. Ser claro sobre o que e por que está fazendo algo também pode diminuir suas chances de contrair a doença de Alzheimer.

Fonte: WebMD

Veja também: