Pular para o conteúdo

Como reduzir o risco de contrair o vírus da Covid-19 ao fazer sexo?

Jairo Bouer

19 de agosto


A pergunta a seguir foi enviada pela Sol: “Tem dica para tornar o sexo mais seguro na pandemia?”

Segundo o médico Jairo Bouer, quem está casado, mora ou convive muito com o parceiro está mais tranquilo em relação à vida sexual. “Quem está solteiro está, sem dúvida, sofrendo mais”, afirma. A questão é que não tem como fazer sexo sem um contato íntimo. As pessoas ficam próximas, se tocam, querem se beijar e tudo isso aumenta o risco de transmissão do coronavírus. Se você conhece bem a pessoa e ela te conhece bem, os dois estão em quarentena, ou se protegem sempre, usam máscara, lavam bem as mãos e mantêm o isolamento social, os riscos são menores. Mas se você não conhece a pessoa direito, ou acabou de conhecer no aplicativo, é preciso ficar ressabiado, sim. Não é nem o sexo, em si, que traz risco, mas a proximidade e a intimidade com outra pessoa.

Ouça a resposta completa no “Fala Aí”:

 

Saiba mais:

O que a Covid-19 e o sexo têm em comum?

Jairo Bouer e Rossandro Klinjey discutem impacto da Covid-19 no amor e no sexo

 

 

 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS