Pular para o conteúdo

Wanessa Camargo relembra relações abusivas; como saber se estou em uma?

Jairo Bouer

25/09/2020 14:47




Wanessa Camargo revelou, em entrevista para F5, da Folha, que passou por relações abusivas no passado, na última quinta-feira (24).

A cantora, de 37 anos, afirmou que sua última música ‘Lábios de Navalha’, lançada em agosto, foi gravada devido ao aumento de casos de violência doméstica no Brasil.

“É muito pessoal, de relações abusivas que enfrentei não só uma vez, mas várias. Escrevi essa música 2015, estava guardada. Na época pensei que era muito forte e nesse ano percebi que era o momento de lançar. Pensei: ‘Por que não falar disso agora?’”, contou a artista.

A filha de Zezé Di Camargo relembrou a época e afirmou não ter sido vítima: “Não adianta amiga falar, psicólogo, mãe e pai, não adianta. A pessoa tem que ter amor-próprio muito grande para se libertar disso. Eu não sou vítima, eu que me coloquei nesse lugar. Quando alguém faz mal para você, é você que permite, então fui permissiva. Só que eu estava fraca, sem amor-próprio, insegura”.

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Como saber se estou em uma relação abusiva?

Um relacionamento abusivo é aquele que faz mal. Muitas vezes a pessoa reconhece que a relação não está das melhores, mas não consegue sair, porque está tão envolvida ou imagina que não tem possibilidade de vida sem aquele convívio.

Quando acontece, não é incomum que um dos parceiros exerça alguma forma de manipulação emocional sobre o outro. Podem vir em forma de comentários que desabonam atitudes e conquistas, críticas o tempo todo e até tentativas de minar o contato social. Essas são algumas características.

Se você acredita que está num relacionamento abusivo e não consegue romper, é importante conversar com um profissional para saber como está sua saúde mental e como está com esta relação.

*Da Redação do Site do Dr. Jairo Bouer

Saiba mais:

Como ter uma relação saudável depois de crescer num lar abusivo?

Vínculo amoroso com a mãe pode evitar abuso na adolescência

Boletim UOL: isolamento e aumento da violência contra a mulher

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS