Doutor Jairo
Leia » Sexualidade

Veja seis mentiras que o pornô te fez acreditar

Gemidos altos, anal sem desconforto e orgasmos rápidos são apenas algumas das mentiras mostradas
Gemidos altos, anal sem desconforto e orgasmos rápidos são apenas algumas das mentiras mostradas - iStock

Redação Publicado em 05/03/2021, às 11h33

Muita gente começa a vida sexual se baseando nas coisas que “aprendeu” em filmes pornôs. O problema disso é que, assim como o nome diz, o que é mostrado em frente às câmeras é um filme, ou seja, ficção. Na grande maioria das vezes, tudo o que acontece ali é ensaiado e milimetricamente combinado. Dessa forma, os jovens acabam tendo uma ideia irreal do que é o sexo e ficam extremamente frustrados consigo mesmos por não conseguir atingir aquele padrão.

Sabendo disso, separamos seis mentiras que o pornô te fez acreditar, para acabar de vez com as inseguranças e entender que sexo vai muito além do que é mostrado.

1. Os corpos são perfeitos, sem pêlos, marcas ou gorduras.

Ficamos tão acostumados a ver mulheres lindamente depiladas e homens fortes e “bem avantajados”, que, quando chega na vida real, com corpos reais, a insegurança pode bater forte. Nesse momento, é importante lembrar que, mais uma vez, tudo o que é mostrado é pensando nos melhores ângulos (sem contar que o trabalho daquelas pessoas é, literalmente, mostrar o corpo. Elas são escolhidas por isso. Então, é claro que vão investir muito na aparência).

2. Não há momentos embaraçosos

No pornô, ninguém fica com pressão baixa e acha que vai desmaiar, ninguém erra a posição e não há nenhum barulho estranho acontecendo durante a relação. O que nos é apresentado é a versão mais limpa e perfeita do sexo e, bem… isso não existe! 

3. O orgasmo vem muito fácil

Nos filmes que se preocupam em mostrar o orgasmo da mulher, tudo ocorre de maneira simples e rápida. Na vida real, sabemos que não é assim, e o momento pode demorar bastante para acontecer — se acontecer.

4. O sexo anal é muito tranquilo e nunca tem imprevistos

Enquanto na vida real muitas mulheres nem querem fazer sexo anal, nos filmes tudo acontece de maneira leve e sem muitas preparações. Também não há preocupações com possíveis sujeiras e a mulher nunca se sente desconfortável. É um mundo maravilhoso… e utópico.

5. Os gemidos femininos são muito altos

Recentemente, até Juliette, do BBB21, comentou sobre isso. A participante havia dito que, em sua primeira relação, gritava muito porque achava que era o que deveria ser feito. Na vida real, existem todos os tipos de reação e não há, especificamente, uma certa ou errada.

6. O homem sempre ejacula muito

Uma das grandes inseguranças dos homens é “ejacular pouco”, e basta uma rápida pesquisa na internet para encontrar sites que ensinam receitas para aumentar esse volume. Mas, novamente, vale lembrar que, nos filmes, tudo é feito para ficar mais visual, ou seja, se um homem ejacula em grande quantidade por lá, é porque estava no roteiro.