Pular para o conteúdo

Ter amigos é ótimo, mas ter uma turma é ainda melhor

Da Redação

7/10/2020 21:03




Poder contar com os amigos nos momentos de dificuldade tem um forte impacto para o nosso bem-estar. Mas dois estudos sugerem que o benefício é ainda maior quando esses amigos também se relacionam bem e confiam uns nos outros.

Em outras palavras: quanto mais coesa é sua rede de amigos, colegas ou mesmo familiares, mais você se sente apoiado, segundo pesquisadores da Universidade do Estado de Ohio, nos EUA.

amigos1350 1024x683 - Ter amigos é ótimo, mas ter uma turma é ainda melhor
Crédito: Pixabay

Turma x conjunto de amigos

Eles realizaram dois estudos para chegar à conclusão acima. No primeiro, com 339 participantes, cada um tinha que listar oito pessoas de confiança e dar notas para cada uma, de acordo com o nível de apoio que julgavam receber delas. Depois, os participantes tiveram que descrever o grau de proximidade entre os amigos citados.

O nível de suporte que os participantes julgavam receber era mais alto quando as pessoas da lista também eram amigas umas das outras.

Na hora do aperto

No segundo estudo, que envolveu 240 pessoas, os pesquisadores avaliaram o quanto a coesão da rede é importante em situações críticas. Cada participante tinha que listar dois grupos diferentes, com quatro pessoas de confiança em cada um. Um tinha que incluir apenas pessoas que também eram amigas umas das outras. E o outro grupo devia conter apenas pessoas que não tinham conexão entre si.

Após a simulação de um cenário que envolvia um problema grave, metade dos participantes foi orientada a imaginar que tinha buscado ajuda de um grupo, enquanto a outra metade era direcionada para o outro.  Aqueles que pensaram na sua rede mais coesa relataram uma confiança maior de que seriam auxiliados.

Tribo e identidade

O experimento trouxe evidências de dois mecanismos psicológicos que podem explicar os resultados. O primeiro é que a turma unida é percebida como uma verdadeira entidade, uma tribo, e isso dá uma sensação maior de segurança. Outra observação dos pesquisadores é que essa rede acaba sendo encarada como parte da própria identidade da pessoa.

Todas essas observações ainda precisam ser confirmadas em estudos futuros. Mas os autores sugerem que as pessoas invistam em amigos que sejam conectados entre si. Contar com essa rede de apoio é muito importante para a nossa saúde mental, ainda mais em momentos de crise, como a atual pandemia.

Veja também:

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS