Pular para o conteúdo

Rafa Kalimann faz relato sobre síndrome do pânico; saiba o que fazer na hora da crise

Jairo Bouer

22/09/2020 21:12




Rafa Kalimann usou suas redes sociais, na última segunda-feira (21), para relatar um episódio de síndrome do pânico que sofreu no último final de semana.

Em seu perfil no Twitter, a ex-BBB começou ressaltando a importância de ter com quem conversar e não ter vergonha de pedir ajuda quando necessário.

“Esse final de semana, mais de um ano depois, a minha síndrome do pânico me deu um doloroso ‘oi’, sem causa, sem motivo, ela veio silenciosa como é e causou dor. Hoje tenho mais maturidade e entendimento do que no passado pra encarar e fé que ela já tá passando”, escreveu ela.

A influenciadora digital aproveitou para tranquilizar os internautas afirmando que já havia entrado em contato com seus médicos para saber como lidar com a situação.

“Estou super grata e feliz com tudo o que está acontecendo na minha vida, entendendo toda a graça e com muita força. Isso que faz querer compartilhar ainda mais a importância de falarmos sobre isso”, finalizou.

O que fazer na hora da síndrome do pânico?

Com a pandemia de covid-19, médicos recomendam que as pessoas evitem pronto-socorros devido a sintomas leves. Mas é preciso buscar auxílio médico em caso de falta de ar.

Vale mencionar que muitos dos sintomas de uma crise de pânico se parecem com os do infarto. Por isso, indivíduos com doença ou risco cardiovascular devem, na medida do possível, manter a comunicação com seus médicos de confiança para saberem como proceder numa emergência. Se o caso for grave, não há como evitar a ida a um hospital!

Em tempos de isolamento e restrição de contato social, associado à avalanche de informações sobre covid-19, há maior risco, sim, de quadros de ansiedade e de depressão. Não deixe de cuidar da sua saúde mental!

Converse com seus amigos, use as redes sociais para se comunicar, e quem já tem algum transtorno psiquiátrico diagnosticado também deve manter contato com o psiquiatra ou psicólogo. Muitos profissionais têm atendido por telefone ou vídeo.

*Da Redação do Site do Dr. Jairo Bouer

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Saiba mais:

Rituais aliviam ansiedade em tempos de pandemia

Crises de ansiedade passam sozinhas?

Contra depressão e ansiedade, faça exercício e respire fundo

UOL Debate: Jairo Bouer, Mario Sergio Cortella, Viviane Mosé e Lucas Veiga falam sobre ansiedade na pandemia 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS