Pular para o conteúdo

“Turma do meu filho é machista; o que eu faço?”

Jairo Bouer

28/09/2020 14:00




Dúvida da Ana: Doutor, a turma do meu filho é muito machista. E percebo que ele tenta se enquadrar e acaba sofrendo com isso. O que que eu faço?

Dr. Jairo Bouer: Ana isso o que você está contando parar a gente é superimportante e é comum, é mais comum do que a gente gostaria.

As vezes em casa a gente trabalha a cabeça dos filhos e das filhas para um mundo novo, para uma nova realidade, para um respeito maior com as pessoas, para um combate ativo ao machismo ao racismo, a homofobia, e por aí vai.

Só que, quando ele chega na turma, a turma já tem um padrão de comportamento que reforça certos estigmas, certos preconceitos sociais, essas questões de diferença de gênero, o machismo tradicional, o machismo que mais atrapalha do que ajuda.

Então o que eu acho importante você fazer: oferecer um contraponto, mostrar para ele que ele não precisa ser, ou funcionar, ou agir, como as pessoas da turma dele para ser aceito ou para ser um cara legal.

E discutir com a direção da escola, para que ela de alguma forma possa se ocupar também dessas discussões, desconstruir esses estigmas, esses preconceitos, essas questões de machismo, e isso vai melhorar muito as relações entre os meninos e as meninas, vai tornar a vida das meninas bem melhor, bem mais fácil, e vai tornar também a vida dos meninos melhor e mais fácil.

Veja também:

 

Saiba mais:

Como garotos e garotas encaram o machismo e o empoderamento feminino

A turma do meu filho bebe muito; o que posso fazer?

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS