Pular para o conteúdo

Sexo esfriou com marido tomando antidepressivo; o que acontece?

Jairo Bouer

3/10/2020 09:00




Dúvida da Roberta: Doutor, meu esposo toma antidepressivo e parou de fazer sexo comigo. O que acontece?

Dr. Jairo Bouer: Roberta, interessante a tua dúvida porque ela traz algumas possibilidades para a gente.

Uma possibilidade é que, depois de um tempo, de alguns anos, alguns relacionamentos entram mesmo em uma fase em que o desejo sexual diminui e a frequência de sexo passa a ser menor, isso independente de tomar antidepressivo ou não, independente de questões emocionais.

Segundo ponto é: quem passa por alguma questão emocional, ou alguma dificuldade de saúde mental, também pode ter um desejo diminuído.

Então, por exemplo, se seu esposo está ansioso, estressado, se a relação entre vocês não anda muito bem, a relação emocional entre vocês não anda muito bem, se ele está deprimido (pode estar acontecendo porque, afinal de contas, você contou para a gente que ele toma antidepressivo), isso tudo também pode impactar o desejo sexual.

E o terceiro ponto, a terceira questão a se considerar, é o fato de que alguns antidepressivos e alguns medicamentos que agem no sistema nervoso central, eventualmente, podem impactar a vontade de a gente de fazer sexo.

Nesse caso, teria que conversar com o médico, para que o médico trocasse o seu esquema terapêutico ou avaliasse se ele ainda precisa continuar a tomar o antidepressivo.

Agora, eu acho que vocês precisam pensar tudo isso, como anda a relação de vocês, como anda o estado de humor dele, o estado emocional dele, e mais, como esse remédio eventualmente está interferindo na saúde sexual dele.

Veja também:

Saiba mais:

Quer mais sexo? Uma dica simples pode ajudar

Ejaculação precoce melhora com antidepressivo?

 

 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS