Pular para o conteúdo

Veja seis dicas para evitar o ronco

Jairo Bouer

19/06/2020 20:52




O ronco costuma ser um incômodo que leva muitos casais a dormir em quartos separados. Em certos casos, a obstrução que provoca o ruído típico não só afasta o parceiro como também prejudica a qualidade do sono e, portanto, a saúde. Veja, a seguir, algumas dicas para lidar com o problema:

Perca peso: o sobrepeso e a obesidade aumentam a propensão a roncar e também o risco de ter apneia obstrutiva do sono, quadro caracterizado por interrupções na respiração que podem causar problemas graves, como hipertensão, infarto e derrame.

Evite o álcool perto da hora de dormir: a bebida causa um relaxamento dos músculos das vias aéreas, o que pode levar ao ronco.

Não fume: o tabagismo também é um fator de risco para o ronco e a apneia do sono.

Cuide do seu nariz: se você tem rinite alérgica, sinusite ou amígdalas aumentadas, esses quadros devem ser tratados por um otorrinolaringologista.

Evite dormir com a barriga para cima: essa posição facilita a incidência do ronco.

Durma direito: após uma noite em claro ou com poucas horas de sono, a tendência é roncar mais na noite seguinte.

Atenção: se você passa o dia cansado e/ou acorda engasgado no meio da noite, não deixe de procurar um médico especializado em sono para avaliar o risco de apneia. O mesmo vale para quem tentou as medidas acima e não parou de roncar. O tratamento adequado pode melhorar sua qualidade de vida e evitar que você gaste dinheiro com dispositivos vendidos na internet que podem não funcionar.

 

 

 

 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS