Pular para o conteúdo

Lady Gaga revela ter pensado em suicídio: ”Não entendia por que deveria viver”

Jairo Bouer

21/09/2020 17:45




Lady Gaga resolveu falar sobre sua relação conturbada com a fama, envolvendo sua saúde mental e pensamentos de suicídio durante uma entrevista para o programa CBS Sunday Morning, no último domingo (20).

“Eu odiava ser famosa. Eu me sentia exausta […] Não é fácil deixar outras pessoas verem que você tem problemas mentais. Costumava mostrar me machucando porque eu não achava que alguém poderia ver. Saúde mental é algo invisível”, relatou.

A cantora afirmou ter enfrentado dificuldades ao ser abordada pelo público na rua.

“Se estou no mercado, alguém se aproxima e coloca um celular na minha cara, tirando fotos, é pânico total, dores por todo corpo”, contou.

Suicídio

Lady Gaga também relembrou os pensamentos suicidas, que eram frequentes no passado: “Eu não entendia por que eu deveria viver a não ser que fosse pela minha família. Isso era um pensamento e sentimento real: ‘Por que eu deveria continuar aqui?’”.

Segundo o psiquiatra Jairo Bouer, caso você conheça alguém que dê sinais de tentativas de suicídio, o ideal é se mostrar disponível para ouvir, seja a hora que for.

“O mais importante é demonstrar disposição para ouvir sem julgamentos. Muitas vezes, as pessoas tentam ajudar com frases como ‘eu já passei por coisa pior’, ‘agradeça pelo que você tem de bom’ ou ‘levanta a cabeça’, mas isso só aumenta a sensação de culpa ou de impotência diante do sofrimento”, explica.

Se for você quem está sofrendo, o especialista ressalta que não precisa ter vergonha de pedir ajuda: “Falar é sempre melhor. Se não der para ser alguém da família, busque um amigo, um professor, alguém de confiança na sua comunidade, um grupo de suporte ou um profissional de saúde”.

O Centro de Valorização da Vida oferece apoio emocional a todas as pessoas que precisam conversar, sob total sigilo, pelo telefone 188 (ligação gratuita), ou por email, chat ou Voip, todos os dias, 24 horas. Você também pode buscar auxílio profissional dos CAPS e nas Unidades Básicas de Saúde (Saúde da Família, Postos e Centros de Saúde).

Veja também:

Veja, também, outros vídeos no meu canal no YouTube

Saiba mais:

Riscos para a saúde mental do jovem disparam na pandemia

Diante de alguém que pensa em suicídio, o que fazer e o que não fazer

Como identificar que alguém corre risco de suicídio

#ComoAndaSuaCabeça: textos, vídeos e podcasts sobre depressão e suicídio

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS