Pular para o conteúdo

Ally Brooke revela ser virgem aos 27 anos; existe idade certa para primeira transa?

Da Redação

2/10/2020 19:34




Ally Brooke, ex-integrante do Fifth Harmony, desabafou sobre ainda ser virgem aos 27 anos durante uma entrevista ao podcast de Dax Holt, nesta sexta-feira (2).

A cantora conversou sobre sua autobiografia em que contou sobre a decisão de não praticar atividade sexual até o casamento.

“Eu me abri sobre isso. Fui corajosa em compartilhar (…). Fiquei muito feliz em poder falar disso aos meus fãs e leitores e mostrá-los a escolha que fiz [de continuar virgem]”, explicou a norte-americana.

allybrooke 118727456 318514536230718 863167751221595705 n 1 1024x683 - Ally Brooke revela ser virgem aos 27 anos; existe idade certa para primeira transa?
Crédito: Instagram/@allybrooke

Ela afirmou que é transparente com seus parceiros quando está iniciando um relacionamento amoroso.

“Todos respeitam, o que é incrível. Muitas pessoas possuem coisas que ficam nervosas em contar. Já passei por momentos que as pessoas zombaram de mim ou que me questionam. Eu tenho que dizer a elas que tenho essa decisão no meu coração e que sei da minha verdade. O respeito é ótimo e nunca me senti pressionada [a ceder]”, finalizou.

Existe idade certa para perder a virgindade?

Aqui no Brasil, a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), do IBGE, constatou que, em 2015, 36% dos garotos e 19,5% das garotas do 9º ano já tinham se relacionado sexualmente.

As proporções foram mais altas que as de 2009, indicando um início cada vez mais precoce. No entanto, essa tendência pode se reverter: estudos internacionais com a chamada “geração do milênio” sugerem que os jovens têm começado a transar mais tarde que seus pais ou avós.

O mais importante é não ter pressa. Segundo um levantamento britânico, divulgado no periódico BMJ Sexual & Reproductive Health, para 40% das mulheres e 26,5% dos homens a primeira vez aconteceu na “hora errada”, e isso trouxe um certo arrependimento.

– Algumas dicas podem tornar a experiência mais segura e agradável, confira.

– Escolher um parceiro ou parceira com quem se tem muita intimidade;

– Conversar bastante sobre o assunto antes de tentar;

– Evitar usar álcool e drogas na ocasião (eles podem atrapalhar bastante, em vez de ajudar);

– E, claro, usar camisinha.

Também é bom saber que a vida real pode ser diferente daquela que a gente vê nos filmes românticos ou em vídeos eróticos, e nem por isso é menos interessante.

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube
Saiba mais:

Cinco fatos sobre “primeira vez”, hímen e virgindade

Pais tendem a achar que é cedo demais para falar de sexo

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS