Pular para o conteúdo

Alice Bastos surge sem peruca em ação contra o câncer de mama; saiba como se prevenir

Jairo Bouer

1/10/2020 21:25




Alice Bastos, apresentadora do ‘Globo Esporte’ do Rio Grande do Sul, surpreendeu os espectadores durante uma ação contra o câncer de mama, nesta quinta-feira (1º).

A jornalista, que foi diagnosticada no início do ano, surgiu sem peruca para a estreia de uma série de reportagens sobre a condição.

EjQXypwX0AE7CtZ 1 1024x683 - Alice Bastos surge sem peruca em ação contra o câncer de mama; saiba como se prevenir
Crédito: Twitter/@globoesporters

“Meu visual está diferente, né? Deixei de lado a peruca que me acompanhou nos últimos meses e assumi essa cabeça com os cabelos voltando a crescer para falar sobre um tema muito importante, o Outubro Rosa. Conscientização e prevenção ao câncer de mama. E isso pode ter tudo a ver com esporte”, declarou ela ao vivo.

Bastos está na fase final do tratamento e ainda ressaltou a importância do autoexame.

Prevenção do câncer de mama

A prevenção do câncer de mama está totalmente ligado com estilo de vida: praticar exercícios físicos, manter uma dieta saudável, evitar obesidade, o fumo e também o álcool fazem toda diferença.

Uma revisão de estudos recente revelou que uma única taça de vinho por dia é capaz de elevar o risco de uma mulher ter câncer de mama antes da menopausa em 5% e, depois da última menstruação, em 9%. O trabalho envolveu 119 estudos, com um total de 12 milhões de mulheres, e foi financiado pelo Fundo Mundial de Pesquisas sobre Câncer.

Compreender os efeitos isolados do álcool sobre a saúde não é fácil, pois quem é moderado na bebida também costuma ser moderado em outros aspectos da vida que impactam no risco de doenças. De qualquer forma, pesquisas mostram que é preciso ser um pouco cético ao ouvir que beber um pouco é melhor que não beber nada.

Veja também:

Assista, também, a outros vídeos no meu canal no YouTube

Saiba mais:

Heloísa Périssé comemora um ano após fim de tratamento contra o câncer

Vacina pode reduzir drasticamente o câncer por HPV, mas há desinformação

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS