Pular para o conteúdo

Pessoas compram mais itens calóricos em janeiro, segundo pesquisa

Jairo Bouer

14 de outubro


Jeff Clarke/UVM
Jeff Clarke/UVM

Apesar de muitas resoluções de Ano Novo incluírem dietas para perder peso ou ganhar saúde, as pessoas tendem a comprar mais comida e investir em itens mais calóricos após o período de festas. É o que mostra um estudo conduzido pela Universidade de Vermont, nos Estados Unidos.

O trabalho, publicado no periódico PLoS ONE, indica que, pelo menos naquele país, os gastos dos consumidores com comida aumentam 15% após a temporada que compreende o Dia de Ação de Graças (celebrado no fim de novembro) e o Réveillon. E o pior é que a maior parte desse aumento se refere à compra de junk food, o que significa uma elevação de 9% nas calorias consumidas.

Mais de 200 famílias do Estado de Nova York foram recrutadas para participar da pesquisa, que analisou os gastos com supermercado dos voluntários de julho de 2010 a março de 2011. Os alimentos foram classificados como mais ou menos saudáveis com base em um sistema de classificação nutricional.

Os resultados surpreenderam os pesquisadores – eles achavam que os feriados de fim de ano seriam a época com maiores gastos e calorias consumidas. Eles indicam que, apesar das resoluções de Ano Novo, é difícil mudar o comportamento na hora de ir ao supermercado.

Os pesquisadores recomendam que as pessoas façam uma lista antes de fazer compras, dando prioridade a produtos frescos e ricos em nutrientes. Isso ajuda a controlar o impulso de encher o carrinho com comida pronta e guloseimas, que são itens calóricos e pouco saudáveis.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS