Pular para o conteúdo

Crônica de uma morte anunciada

Jairo Bouer

14 de outubro


Vídeos gravados no celular do pai do garoto Bernardo Boldrini, assassinado em abril de 2014, revelam tortura psicológica, com requintes de sadismo e crueldade. Há humilhação, pressão emocional e ameaças explícitas.

Tudo o que não deve ser feito em um relacionamento com o filho está escancarado nos vídeos. Não é à toa que o menino apresentava dificuldades severas de adaptação à sua casa e à sua família, descontrole emocional e momentos de agressividade. Anormal seria se ele assistisse de forma passiva, sem reagir, a esse trator emocional que insistia em passar sobre ele há anos.

Veja o texto completo aqui: http://goo.gl/aB8FGH

Via Estadão

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS