Pular para o conteúdo

Faz mal uma mãe controlar demais a vida do adolescente?

Jairo Bouer

15 de agosto


Olha a dúvida da Marta: “Reconheço que eu controlo demais a vida do meu filho adolescente. Estou sempre em cima. Você vê algum risco nisso? É que eu sou muito preocupada!”.

Para o psiquiatra Jairo Bouer, é normal que os pais fiquem preocupados com a questão da adolescência, com o risco de os filhos entrarem em alguma fria ou de alguém desvirtuar o caminho deles. Às vezes, o grude é tanto que eles são chamados de “pais helicópteros” (que estão sempre voando em volta dos filhos). Alguns estudos indicam que esse tipo de comportamento pode ter impacto no jovem – eles podem ficar inseguros, ter problemas de autoestima e dificuldade de se relacionar com outras pessoas, porque está sendo sempre supervisionado. Jairo acredita que é importante os pais mostrarem ao filho que eles estão presentes, mas sem tentar controlar ou tentar saber tudo o que ele faz o tempo todo. “Isso não é legal nem para você, nem para ele”, completa.

Ouça a resposta completa no “Fala Aí”

Saiba mais:

Controlar demais a vida do filho não é legal

Preocupação com videogame afeta quase 9 entre 10 pais de adolescente

 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS