Pular para o conteúdo

Vida sexual satisfatória exige esforço, comprova estudo

Jairo Bouer

14 de outubro


casalsexo700 - Vida sexual satisfatória exige esforço, comprova estudo

O segredo para uma vida sexual satisfatória em relacionamentos longos é acreditar que é preciso esforço e dedicação, em vez de esperar que a vontade de transar apareça automaticamente, como no início do namoro.

Esse conselho típico dos especialistas em sexualidade foi comprovado em um estudo canadense que contou com 1.900 participantes, e foi publicado no Journal of Personality and Social Psychology.

Após analisar as crenças de centenas de casais homo e heterossexuais, pesquisadores da Universidade de Toronto concluíram que elas são tão poderosas que podem sustentar ou até, pelo contrário, prejudicar um relacionamento longo.

Segundo os autores, coordenados pela psicóloga Jessica Maxwell, quem acredita em “destino sexual”, ou seja, acha que o desejo vem de forma automática quando “almas gêmeas” estão juntas, tende a usar a vida sexual como barômetro da relação. E aí acredita que uma frequência muito baixa de sexo é sinônimo de que o casamento está mal, o que pode acabar comprometendo, de verdade, a relação.

Já quando o casal acredita que a vida sexual deve ser cultivada com algum esforço, a tendência é que esse tema afete menos a satisfação com o relacionamento.

Os autores viram que, embora as mulheres sejam mais chegadas em histórias românticas, elas são mais propensas que os homens a acreditar que a vida sexual também dá certo trabalho para se manter de pé nos relacionamentos de longo prazo.

Os pesquisadores também perceberam que nem todo mundo tem uma crença 100% de um jeito ou de outro. Algumas pessoas, por exemplo, até acham que o sexo precisa ser cultivado, contanto que acreditem estar com sua alma gêmea.

O mais importante, ressalta o estudo, é que as pessoas tenham consciência de que a vida a dois é bem diferente daquela mostrada nos filmes de Hollywood. E que, depois de dois ou três anos de “lua de mel”, é preciso se mexer pra não deixar o sexo minguar. Sabe aquele papo de regar o jardim?

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS