Pular para o conteúdo

Um em cada sete indivíduos tem confusão mental ao ser acordado

Jairo Bouer

14 de outubro


DESPERTADOR300 - Um em cada sete indivíduos tem confusão mental ao ser acordadoVocê fica completamente desorientado quando o despertador toca de manhã? Pois esse estado de embriaguez ao acordar é mais comum do que se imaginava. Segundo um novo estudo, o problema afeta uma em cada sete pessoas.

A confusão mental, que em geral ocorre depois de um despertar forçado, pode durar meia hora ou mais. Tem gente que atende o telefone em vez de desligar o alarme, por exemplo. E há casos de indivíduos que chegam a ter comportamentos violentos nesse período, esquecendo o que aconteceu logo depois.

O trabalho, feito por pesquisadores da faculdade de medicina de Stanford em Palo Alto, na Califórnia, e publicado na revista Neurology, detectou uma incidência de 15% no transtorno, chamado oficialmente de “despertar confusional”. A proporção é quatro vezes maior do que indicavam as estimativas anteriores.

Para chegar à conclusão, foram entrevistadas 19.136 pessoas com 18 anos ou mais. Elas foram questionadas sobre seus hábitos de sono, sobre uso de medicamentos e eventuais transtornos mentais.

Em 84% dos casos, quem sofria com o problema também apresentava outro transtorno de sono, algum transtorno psiquiátrico ou usava certos remédios, como antidepressivos. E a frequência aumentava quando a pessoa tinha dormido demais ou de menos.

Segundo os autores, o despertar confusional tem recebido bem menos atenção do que deveria, embora as consequências possam ser tão graves quanto as do sonambulismo.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS