Pular para o conteúdo

Todo mundo acha que sabe mais quando está conectado

Jairo Bouer

14 de outubro


Ficar on-line tem um efeito surpreendente sobre a mente das pessoas: elas se sentem muito mais inteligente do que realmente são, de acordo com um estudo publicado no Journal of Experimental Psychology.

Em nove experimentos feitos com um total de 1.000 participantes, psicólogos da Universidade de Yale, nos EUA, descobriram que, depois de se informar com pesquisas na internet, as pessoas avaliam sua própria base de conhecimento como sendo muito maior do que ao assimilar informações por outros meios.

Segundo Mattheu Fisher, principal autor do estudo, o efeito foi muito expressivo. Para ele, as pessoas tendem a confundir o conhecimento que está acessível, na tela, com seu próprio conhecimento pessoal.

Em um dos experimentos, os participantes tinham que buscar em sites a resposta para a pergunta “como um zíper funciona”. O grupo controle recebia a mesma explicação obtida na internet, com a diferença que a resposta não era buscada pela pessoa na web. Os participantes do primeiro grupo, mais tarde, avaliaram muito melhor seu conhecimento sobre o tema que os outros.

O “modo de busca” parece causar um efeito cognitivo tão poderoso nas pessoas, que elas se acham mais sabidas mesmo quando as pesquisas on-line não revelam nada, de acordo com os pesquisadores. Não é à toa que, na falta de bateria ou de uma rede que funcione, muita gente chega a se sentir burra.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS