Pular para o conteúdo

Rejeição familiar triplica risco de transgênero tentar suicídio, diz estudo

Jairo Bouer

14 de outubro


transex700 - Rejeição familiar triplica risco de transgênero tentar suicídio, diz estudo

A rejeição da família pode triplicar o risco de tentativas de suicídio entre indivíduos transgênero, além de levar ao abuso de álcool e drogas, revela um estudo publicado no periódico internacional LGBT Health.

O trabalho foi feito a partir da análise de 5.612 indivíduos identificados como transexuais ou transgênero nos Estados Unidos, ou seja, pessoas que mudaram de sexo ou que não se identificam com o gênero biológico. Todos tinham mais de 18 anos.

Do total, mais de 42% relataram ao menos uma tentativa de suicídio, e 26%, o abuso de alguma substância, como drogas ou álcool, com o objetivo de lidar com a discriminação relacionada à condição de transgênero.

Entre os participantes da pesquisa, cerca de 46% afirmaram ter sofrido rejeição familiar forte ou moderada. Segundo os pesquisadores, os relatos de tentativa de suicídio e abuso de substâncias foi significativamente maior nesse grupo, mesmo quando isolados fatores como educação, renda, etnia e presença de genitália ambígua.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS