Pular para o conteúdo

Percepção do tempo é diferente para quem sofre de depressão

Jairo Bouer

14 de outubro


TEMPO300Se você tem um prazo para cumprir, é provável que tenha a sensação de que o tempo voa. Já para quem sofre de depressão, o tempo não passa. É o que descobriu uma equipe de pesquisadores do Instituto de Psicologia da Universidade de Mainz, na Alemanha.

O grupo analisou os resultados de 16 estudos que contaram, ao todo, com 433 indivíduos deprimidos e 485 sem a doença. A pesquisa confirmou o que psicólogos e psiquiatras já ouviam muito das vítimas de depressão: para eles, o tempo parece passar em câmera lenta.

Em termos objetivos, porém, a percepção deles é igual a dos outros – ao julgarem a duração de um intervalo entre dois sons, ou estimarem quanto dura um filme, eles são tão precisos quanto pessoas saudáveis.

Os pesquisadores também identificaram vários aspectos da relação entre depressão e percepção do tempo que ainda não foram estudados de forma adequada. Não se sabe, por exemplo, qual o efeito dos remédios e da psicoterapia sobre isso, nem se há diferença para pacientes com depressão bipolar.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS