Pular para o conteúdo

Insônia crônica é associada a risco 58% maior de morrer

Jairo Bouer

14 de outubro


INSONIA300Você sabia que dormir mal pode fazer você morrer mais cedo? Um estudo feito por cientistas da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, mostra que ter insônia por seis anos ou mais leva a um risco 58% maior de morrer.

Além disso, a insônia aumenta o risco de doenças cardíacas, diabetes, obesidade, câncer, demência e depressão. Os resultados foram publicados na edição on-line da revista American Journal of Medicine.

O trabalho acompanhou os dados de 1.400 pessoas ao longo de quatro décadas. Do total, 18% tinham insônia intermitente e 9%, insônia crônica.

Eles descobriram que a falta de sono persistente foi associada a níveis mais altos de inflamação no sangue, medido por um biomarcador chamado proteína C-reativa. O estudo mostrou que o risco de morrer era maior independente do sexo, da idade e do uso de remédios para dormir.

Nos Estados Unidos, 20% da população se queixa de insônia. E estima-se que o problema é crônico em metade dos casos.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS