Pular para o conteúdo

Idosos também debatem sexo na internet, mostra estudo

Jairo Bouer

14 de outubro


Esqueça a ideia de que idosos têm pouco interesse por sexo e, mais ainda, por tecnologia. Um estudo mostra que muita gente nessa faixa etária vai atrás de informações e debate questões sobre a vida sexual na internet.

De acordo com a pesquisadora Liza Berdychevsky, da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, a popularidade de comunidades on-line para pessoas com mais de 50 anos é a prova disso. Ela e Galit Nimrod, da Universidade Ben-Gurion de Negev, em Israel, conduziram uma análise sobre os debates em torno de sexo em 14 comunidades on-line voltadas para esse público. Sete dos sites são baseados nos Estados Unidos, quatro no Reino Unido, dois no Canadá e um na Austrália.

A dupla descobriu que a internet tem um potencial enorme para ajudar essas pessoas a lidar com três questões principais: condições de saúde ou de vida que afetam a sexualidade, dificuldade de comunicação com profissionais de saúde sobre o assunto e acesso limitado a informações sobre saúde sexual.

Os tópicos sobre sexo foram bastante populares na amostra selecionada nos fóruns por um período de um ano. Alguns posts tiveram audiência de 5 mil cliques. Os assuntos mais frequentes eram: diferença de idade entre parceiros, tabus, casamento com parceiros do mesmo sexo, pornografia, prostituição, próteses sexuais, brinquedos eróticos e medicamentos para melhorar o sexo. Muitos dos usuários debatiam o assunto de forma aberta e animada, tanto que muitos posts têm piadas e insinuações bem-humoradas.

Alguns dos participantes relataram ter tido experiências ruins ao tentar discutir questões sexuais com os médicos. Muitos profissionais ignoravam ou até rejeitaram as preocupações dos pacientes. O anonimato permitiu a muitos idosos superar o constrangimento e falar abertamente sobre sexo pela primeira vez, de acordo com certos posts. Os fóruns se mostraram, também, úteis para quem queria desabafar sobre problemas mais sérios e obter apoio emocional.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS