Pular para o conteúdo

Homem rompe tendão após jogar Candy Crush no celular

Jairo Bouer

14 de outubro 2019 7:26




SMARTPHONE300 - Homem rompe tendão após jogar Candy Crush no celularUm relato publicado em uma revista médica mostra que usar o smartphone como videogame por muito tempo pode ser perigoso. Um homem de 29 anos da Califórnia teve o tendão do polegar rompido após abusar do Candy Crush no celular.

A descrição do caso aparece  no Jama Internal Medicine. Os autores do relato destacam o fato de que o homem não notava a dor enquanto jogava, apesar de esse tipo de lesão causar muito incômodo. Para os pesquisadores, isso prova que o prazer de jogar funciona como analgésico, o que contribui para o vício.

O californiano só foi ao médico depois que não conseguia mais mover o polegar. E, de acordo com o local da lesão, era para ele ter sentido muita dor. O rapaz disse que vinha jogando Candy Crush o dia inteiro ao longo de seis ou oito semanas, pois estava sem trabalhar. Exames de imagem acusaram o rompimento do tendão e o jogador teve que ser submetido a uma cirurgia.

Em reportagem ao site Science Daily, o coautor do relato, Andrew Doan, do Centro Médico Naval de San Diego, afirmou que jogar meia hora de videogame por dia pode trazer benefícios, como distração contra a dor e relaxamento. Mais do que isso, porém, pode gerar o efeito contrário.

Nos últimos anos, têm crescido o número de relatos na literatura médica de lesões associadas ao uso de smartphones e videogames. Por isso, é bom ficar atento e tentar limitar o tempo gasto com essas tecnologias, antes que vício transforme o autocontrole em um desafio difícil de ser vencido.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS