Pular para o conteúdo

Estudo mostra que estudantes gastam até dez horas por dia no celular

Jairo Bouer

14 de outubro


CEL3001 - Estudo mostra que estudantes gastam até dez horas por dia no celularUm estudo feito nos Estados Unidos mostra que estudantes universitárias gastam uma média de dez horas por dia no celular, e os homens, quase oito. De acordo com pesquisadores da Universidade de Baylor, o uso é excessivo e coloca em risco o desempenho acadêmico.

O trabalho, publicado no Journal of Behavioral Addicton, indica que 60% dos estudantes universitários admitem que são viciados no celular, chegando a ficar agitados quando não estão com o aparelho à mão.

Ao todo, foram entrevistadas 164 pessoas e listadas onze atividades  mais realizadas com o celular. Algumas delas, como o uso do Pinterest e do Instagram, foram mais associadas com características de vício do que o uso da internet e de jogos, algo que, antes da pesquisa, os pesquisadores julgavam ser mais problemático.

Entre as atividades mais executadas pelos estudantes estão o envio de texto, com uma média de 94,6 minutos gastos por dia, seguida do envio de e-mails (48,5 minutos), a navegação no Facebook (38,6 minutos) e na Internet em geral (34,4 minutos).

O estudo concluiu que os homens enviam aproximadamente o mesmo número de e-mails que as mulheres, mas gastam menos tempo em cada um. E, no geral, as mulheres usam mais o celular, contrariando a visão tradicional de que eles são mais ligados em tecnologia.

Os autores do trabalho chamam a atenção para a possibilidade de que os estudantes estejam utilizando o aparelho como mecanismo de fuga das salas de aula. E observam que o celular é uma ferramenta que parece libertadora, mas que, ao mesmo tempo, escraviza.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS