Pular para o conteúdo

Estudo diz que pílula não atrapalha o desejo da mulher

Jairo Bouer

14/10/2019 19:44




pilula700 - Estudo diz que pílula não atrapalha o desejo da mulher

Algumas mulheres acreditam que a pílula interfere na libido, e algumas até deixam de se proteger de uma gravidez indesejada por causa disso. Mas um estudo publicado no periódico The Journal of Sexual Medicine sugere que esse receio não passa de mito.

Estudos científicos têm trazido resultados contraditórios em relação ao tema: uns indicam que, sim, a pílula influencia, e outros dizem que não. Para muitas usuárias, inclusive, o controle do risco de engravidar aumenta a disposição para o sexo.

Na atual pesquisa, conduzida por equipes das universidades de Indiana e Kentucky, foram avaliadas usuárias de métodos contraceptivos em diferentes tipos de relacionamento, algo que poucos trabalhos exploraram. Foi observado o impacto de três contraceptivos diferentes em um total de 900 mulheres, que preencheram diários para descrever detalhes sobre o desejo sexual.

As usuárias de contraceptivos não hormonais relataram melhora na libido durante a masturbação, e as que tomavam pílula reportaram sentir mais desejo com o parceiro.

No entanto, quando os pesquisadores ajustaram fatores como a duração do relacionamento e a idade dos parceiros, as diferenças deixaram de ser estatisticamente significantes.

Os autores concluem que a relação entre anticoncepcional e libido é mais complexa do que parece. Muitas mulheres que utilizam pílula estão em relacionamentos duradouros, e a redução do desejo, nesses casos, pode estar mais ligada ao status do casal do que ao uso de hormônios. Porém, ainda são necessários mais estudos.

O importante é que as usuárias não tenham vergonha de conversar sobre sua libido com os ginecologistas. Não existe um método ideal para todas, por isso nem sempre a primeira alternativa é a que dá certo.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS