Pular para o conteúdo

Estudo associa puberdade precoce ao consumo de bebidas com açúcar

Jairo Bouer

14 de outubro


REFRI300 - Estudo associa puberdade precoce ao consumo de bebidas com açúcarMeninas que costumam consumir refrigerantes e sucos com açúcar tendem a ficar menstruadas mais cedo em comparação com aquelas que não têm esse hábito. A conclusão é de uma pesquisa publicada no Human Reproduction, uma das principais revistas sobre medicina reprodutiva do mundo.

Este é o primeiro estudo a investigar a relação entre bebidas com açúcar ou outros aditivos, como xarope de milho, e a idade em que as garotas têm a primeira menstruação, conhecida como menarca.

Os pesquisadores acompanharam mais de 5.500 meninas de 9 a 14 anos entre 1996 e 2001. Eles descobriram que as participantes que bebiam mais de uma porção e meia por dia de bebidas açucaradas menstruaram 2,7 meses antes que aquelas que consumiam apenas duas ou menos porções ao longo da semana. A menarca, no primeiro caso, ocorreu em média aos 12,8 anos. Cada porção equivalia a uma lata de refrigerante ou de chá gelado com açúcar e uma garrafinha de suco adoçado.

A líder da pesquisa, Karin Michels, professora da Harvard Medical School, nos EUA, explica que o resultado foi independente de fatores como Índice de Massa Corporal (IMC), altura, ingestão total de alimentos e prática de atividade física.

Ao levar em conta o IMC, ela conta que o efeito foi ainda mais expressivo: as que consumiam mais bebidas com açúcar foram 22% mais propensas a menstruar antes das garotas que consumiam menos. Já o consumo de sucos naturais e refrigerantes diet não foi associado à redução de idade da primeira menstruação.

A descoberta é relevante, pois a puberdade precoce tem sido ligada a um risco maior de desenvolver câncer de mama na maturidade. Além disso, o consumo excessivo de bebidas com açúcar tem sido associado a resistência a insulina, diabetes e obesidade, doenças crônicas que têm se tornado cada vez mais frequentes.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS