Pular para o conteúdo

Estudo alerta para erros em artigos sobre saúde no Wikipedia

Jairo Bouer

14 de outubro


Buscar respostas para problemas de saúde na internet virou uma prática recorrente. Mas é preciso tomar cuidado com o que se lê. Um estudo do Journal of the American Osteopathic Association diz que 90% dos artigos do Wikipedia sobre doenças contêm informações equivocadas.

Os autores da pesquisa, da Universidade Campbell, nos EUA, mencionam que de 47% a 70% dos médicos e estudantes de medicina admitem consultar a enciclopédia online com frequência.

Eles analisaram textos sobre dez das doenças que mais geram custos ao sistema de saúde americano. Um dos erros apontados pela equipe, segundo reportagem do Daily Mail, é um link que afirma que crianças não devem usar antidepressivos, o que, segundo eles, pode fazer muitos pais se negarem a dar o remédio para os filhos quando necessário.

Eles também questionam a afirmação divulgada na enciclopédia de que é preciso medir a pressão em três ocasiões diferentes para confirmar a hipertensão. Para eles, isso pode atrasar o diagnóstico da doença.

É importante frisar que o site é feito de forma colaborativa, mas conta com uma equipe chamada Wikiproject Medicine, responsável por revisar as informações sobre saúde com base em guias médicos de qualidade.

De qualquer forma, é sempre bom consultar mais de uma fonte e recorrer a sites de instituições renomadas quando se busca informação sobre saúde. E lembrar que o ideal é sempre falar com um médico de confiança quando estiver com algum sintoma.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS