Pular para o conteúdo

Estresse do parceiro pode interferir na sua cintura, diz estudo

Jairo Bouer

14 de outubro 2019 7:42




obesity 1 - Estresse do parceiro pode interferir na sua cintura, diz estudo

Enquanto para algumas pessoas, excesso de tensão tira a fome, para outras é uma justificativa para exagerar na comida. Segundo um estudo recém-publicado, porém, não apenas o seu próprio nível de estresse pode interferir na sua cintura, como também a da sua cara-metade.

O estudo, feito por pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, mostra que a influência do estado emocional do parceiro nos hábitos alimentares de uma pessoa é real, e afeta principalmente as mulheres.

O trabalho incluiu 2.042 indivíduos casados, com mais de 50 anos, que estavam juntos há 34, em média. Os pesquisadores se concentraram no estresse crônico, aquele que dura no mínimo um ano, e pode ter como causas dificuldades no trabalho ou problemas financeiros, entre outras. Eles foram acompanhados por quatro anos.

A pesquisa mostrou que, no final do período,  70% das mulheres que tinham maridos estressados apresentaram risco maior de desenvolver doenças relacionadas ao sobrepeso. No caso dos homens, a proporção foi de 66%. As conclusões foram publicadas no periódico Journals of Gerontoloy: Social Sciences.

Segundo a principal autora, Kira Birditt, o casamento tem influências poderosas sobre a saúde.  Ela acredita que os efeitos são semelhantes em casais mais jovens, no entanto, os riscos do sobrepeso tornam-se mais evidentes com o passar da idade.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS