Pular para o conteúdo

É preciso lembrar os jovens de que as pessoas mudam, sugere estudo

Jairo Bouer

14 de outubro


TIMIDEZ700

Mostrar aos adolescentes que características sociais e de personalidade podem mudar ajuda os jovens a lidar melhor com o estresse social ou situações como o bullying, segundo um estudo. Os resultados foram publicados na revista Psychological Science.

Em um primeiro experimento, pesquisadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, monitoraram as respostas cardiovasculares de 60 jovens de 14 a 17 anos, enquanto eles faziam um breve discurso sobre o que torna as pessoas populares. Em seguida, eles tinham que completar uma série de equações matemáticas mentais.

Antes de cumprir as tarefas, metade do grupo ouviu uma palestra sobre a ideia de que as pessoas e seus traços socialmente relevantes podem mudar. Esses jovens relataram ter se sentido menos ameaçados durante os testes, apresentaram maior eficiência cardíaca e níveis mais baixos de cortisol, o hormônio do estresse. Por consequência,  tiveram uma performance melhor.

O segundo experimento acompanhou 205 alunos com aproximadamente 14 anos durante todo o ano letivo. Todos tinham que preencher um diário sobre fatos estressantes do dia e o quanto se sentiram capazes de enfrentá-los, ou não. Além disso, passaram por testes de saliva para medir o cortisol. Novamente, metade do grupo ouviu palestras sobre a noção de que é possível mudar.  De novo, esses foram os que tiveram mais recursos para lidar com as dificuldades e os que apresentaram menor nível de hormônio do estresse. E o grupo foi o que apresentou melhores notas seis meses depois.

Como afirmam os autores, a transição para o ensino médio costuma ser um momento difícil para os adolescentes, que, nessa fase, estão mais focados em status e relacionamentos. Biologicamente, eles reagem mais ao estresse do que outros grupos etários. Tudo isso muitas vezes faz com que os jovens fiquem sem recursos para lidar com dificuldades na escola, o que os torna mais vulneráveis a sintomas depressivos. Para eles, se é difícil agora, vai ser difícil para sempre. Por isso é importante mostrar que as coisas mudam e que, com o tempo, enfrentar esse tipo de dificuldade fica bem mais fácil.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS