Pular para o conteúdo

Depressão pré-natal não é incomum em homens, mostra pesquisa

Jairo Bouer

14 de outubro


gravidez300A transição para a paternidade nem sempre é fácil, e não é só a mulher que sofre o impacto. Um estudo mostra que alguns homens apresentam sintomas de depressão pré-natal, ou seja, antes do nascimento do bebê. Os resultados foram publicados no American Journal of Men`s Health.

Pesquisadores da Universidade McGill, no Canadá, acompanharam 622 homens, em Quebec, por um período de um ano e meio. Eles responderam a perguntas sobre hábitos, sono, humor, qualidade do relacionamento e preocupação com dinheiro, entre outros temas.

A equipe descobriu que 13,3% dos futuros papais apresentaram níveis altos de sintomas depressivos durante a gestação do primeiro filho. Aqueles que dormiam pouco eram os mais propensos a ter o problema.

Neste estudo, os homens não foram acompanhados após o nascimento dos filhos. Mas, uma vez que a depressão pré-natal é um fator de risco para a depressão pós-parto, é de se prever que muitos deles continuaram com os sintomas após vivarem pais de fato.

Sentir uma certa ansiedade devido à chegada do primeiro filho é natural, já que a paternidade envolve uma série de novas responsabilidades. Mas é importante que os casais procurem ajuda caso os sintomas se intensifiquem, já que a depressão dos pais pode ter impacto no desenvolvimento da criança.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS