Pular para o conteúdo

Cientistas fazem ratos perderem o desejo de praticar bullying

Jairo Bouer

14/10/2019 19:40




r SCHOOL BULLY large5701 - Cientistas fazem ratos perderem o desejo de praticar bullying

Uma pesquisa revela que indivíduos que costumam humilhar ou agredir os outros, também chamados de bullies, sentem um prazer, com isso, semelhante ao de comer chocolate ou tomar uma taça de vinho.

A conclusão é de cientistas do Hospital Mount Sinai, em Nova York, que realizaram diversos estudos com ratos – isso mesmo, o bullying também é uma praga na vida de certos roedores.

A equipe, coordenada pelo pesquisador Scott Russo, descobriu que agredir alguém, para quem possui uma tendência ao sadismo, mexe com o circuito de recompensa do cérebro.

Ao examinar roedores com essa característica, eles perceberam que o comportamento aumentava a atividade dos neurônios em uma área do cérebro responsável pela produção de um neurotransmissor chamado Gaba, que por sua vez inibe outra área onde a agressividade é amortecida.

A boa notícia é que, segundo os pesquisadores, essa inclinação pôde ser alterada – para pior ou também para melhor – com a manipulação da atividade cerebral dos ratos.

Os resultados foram publicados na revista Nature e divulgados no jornal britânico Daily Mail. Ainda é cedo para saber se os mesmos mecanismos se aplicam a seres humanos. Mas a pesquisa traz esperança para que um dia, quem sabe, seja possível combater essa inclinação que traz tantas consequências negativas para a vida de certas pessoas.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS