Pular para o conteúdo

Bolinhas no pênis: quando é o caso de se preocupar

Da Redação

3/11/2020 11:29




Uma das perguntas que mais chegam no site é sobre bolinhas que aparecem no pênis. Uma das principais preocupações em relação a essas saliências é se elas podem sinalizar alguma infecção sexualmente transmissível (IST).

Em primeiro lugar, prestar atenção no próprio corpo e se questionar se está tudo em ordem é algo muito positivo. É dessa forma que a gente se mantém saudável.

Consultas regulares

Em segundo, lembro que todo garoto e todo homem deve ir ao urologista regularmente, da mesma forma que as meninas frequentam o ginecologista. É nessas consultar que se pode tirar dúvidas e evitar doenças graves, como as ISTs e o câncer de pênis.

“Por medo, vergonha ou mesmo questões socioculturais, os homens, e muito comumente os adolescentes, tem muito receio de visitar um”, conta o urologista Rodolfo Bandeira, do Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” (Cejam), em São Paulo.

Possíveis causas

As lesões elevadas do pênis, conhecidas como ‘bolinhas’ podem ter várias origens, desde condições benignas da pele, condições infeciosas e até mesmo o câncer de pênis. O urologista descreve algumas possibilidades:

Pápulas penianas peroladas – antes referidas como “glândulas de Tyson”, essas saliências branco-peroladas medem entre um e quatro milímetros, e costumam se formar em fileira, geralmente na glande (cabeça do pênis). Elas são benignas, por isso não é preciso se preocupar com elas

Grânulos de Fordyce – são glândulas sebáceas, responsáveis pela produção de material oleoso, o sebo, que serve para lubrificar e impermeabilizar a pele. São benignas e comumente encontradas na bolsa escrotal (saco) e na base do pênis, podendo ser bem identificadas quando se estica a pele

Linfoceles – apresentam-se como uma estrutura semelhante a um cordão palpável, estão associados a atrito e aumento da atividade sexual

Molusco contagioso – é uma lesão causada por vírus, que pode ser transmitida por contato sexual, e pode ser múltipla

Lesões verrucosas causadas pelo HPV – as chamadas verrugas genitais são geralmente lesões irregulares e ásperas. O HPV é transmitidas pelo contato íntimo ou sexual

Lesões hepérticas – uma das fases das lesões do herpes é a formação de pequenas bolinhas de conteúdo líquido que, ao estourar, dão origem a uma ferida

Sarna ou escabiose – causada por um parasita, apresenta-se como nódulos rosados ​​que coçam intensamente

O que fazer

No caso das infecções, é preciso seguir o tratamento recomendado pelo urologista o quanto antes. Já as saliências benignas não exigem tratamento, a não ser por razões estéticas.

Nunca, em hipótese alguma, tente arrancar essas bolinhas por conta própria, pois há risco de infecções e deformidades. Consulte sempre o urologista.

Saiba mais:

Tenho verrugas em volta da cabeça do meu pênis, será que estou com HPV?

Quase metade dos adultos tem HPV causador de verruga genital

Veja também:

 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS