Pular para o conteúdo

Anticoncepcional faz mal? Veja três respostas a dúvidas comuns sobre o tema

Jairo Bouer

31 de janeiro


Os anticoncepcionais orais, ou seja, pílulas com hormônios que impedem a gravidez, estão entre os métodos contraceptivos mais populares no Brasil e no mundo. Mesmo assim, muitas mulheres têm dúvidas, por isso esclareço algumas delas aqui:

1. O método pode falhar?

Quando usado corretamente, o índice de falha é de 0,1%, ou seja, baixíssimo. O problema é que algumas mulheres às vezes esquecem de tomar a pílula e, quando isso acontece, não usam camisinha como proteção adicional. Para quem costuma se perder nas doses, outras formas de administração podem ser indicadas, como adesivos, anéis vaginais, injeções ou implantes.

2. Posso ter trombose?

O uso dos hormônios pode aumentar o risco de formação de trombos (coágulos) em algumas mulheres, mas esse risco é muito baixo quando se leva em conta o grande número de usuárias. De qualquer forma, quem tem casos de trombose na família não deve tomar a pílula. E mais: quem fuma também não pode usar esse método. Tomar pílula por conta própria, portanto, nem pensar! É preciso ir ao médico e discutir qual o produto mais adequado para o seu caso.

3. Mas tenho outra opção?

Tem sim. As mulheres que não podem ou não querem usar hormônios podem utilizar os métodos de barreira, como a camisinha (o único que ainda por cima protege contra infecções sexualmente transmissíveis), além do diafragma e do DIU. Esse último já foi contra-indicado para as mais jovens, mas é importante dizer que essa visão mudou depois de muitos estudos terem sido feitos. Hoje o DIU é indicado para a maioria das mulheres e é muito eficiente.

 

Clique aqui para saber mais:

Como funciona a pílula anticoncepcional?

O que são pílulas de baixa dosagem?

Não fazer pausa entre as cartelas faz mal?

 

 

 

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS